Rádio Câmara

Com a Palavra

Diretor da Câmara diz que haverá condições de operar o ponto eletrônico em 45 dias

  • Diretor da Câmara diz que haverá condições de operar o ponto eletrônico em 45 dias

A Mesa da Câmara decidiu, nesta quarta-feira, que o registro de ponto dos servidores da Casa será eletrônico, por meio de impressão digital. Atualmente, o ponto é assinado. Conforme a resolução, haverá corte de salário dos servidores que trabalharem menos de 35 horas por semana. Além disso, as horas extras decorrentes das sessões noturnas do Plenário só serão pagas para os servidores que atingirem 40 horas semanais. Atualmente, as horas extras noturnas são pagas para todos que registram presença no ponto eletrônico quando a sessão ultrapassa as 19 horas. O ato da Mesa passa a valer a partir de sua publicação, mas ainda há necessidade de uma portaria que discipline detalhes das novas regras, que deverão entrar em vigor em 45 dias. O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, considera a medida fundamental. Quem fala sobre o tema é o Diretor -Geral da Câmara, Sérgio Sampaio. 

Apresentação: Lincoln Macário e Danielle Popov

Programa ao vivo com reportagens, entrevistas sobre temas relacionados à Câmara dos Deputados, e o que vai ser destaque durante a semana.

facebook twitter rss