A Voz do Brasil

Parlamentares insistem em retomar debate sobre royalties

Publicação: 16/01/2013 - 20:12

  • Parlamentares insistem em retomar debate sobre royalties

TEC- VINHETA/ABERTURA....
LOC- PARLAMENTARES INSISTEM EM RETOMAR DEBATE SOBRE ROYALTIES
LOC- CÂMARA DISCUTE PROPOSTAS PARA APERFEIÇOAR SISTEMA ELEITORAL
TEC- SOBE VINHETA/ABERTURA....
LOC- A UNIFICAÇÃO DAS ELEIÇÕES NO BRASIL É DEFENDIDA POR ÉDIO LOPES, DO PMDB DE RORAIMA. NA OPINIÃO DO PARLAMENTAR, O PROCESSO ELEITORAL REALIZADO A CADA DOIS ANOS TEM UM CUSTO ALTO PARA O PAÍS.
ÉDIO LOPES: O PAÍS, A SOCIEDADE, O ESTADO BRASILEIRO NÃO SUPORTA MAIS ESSE PROCESSO ELEITORAL DE DOIS EM DOIS ANOS. O CUSTO DESSES PROCESSOS ELEITORAIS A CADA DOIS ANOS, É ABSURDAMENTE PESADO PARA A SOCIEDADE E O ESTADO. PORTANTO, É HORA DO BRASIL UNIFICAR ESSAS ELEIÇÕES NUM ÚNICO PROCESSO, MESMO PORQUE, A CADA DOIS ANOS, NOS SEIS MESES QUE ANTECEDEM A ELEIÇÃO, O BRASIL PARA.
LOC- ÉDIO LOPES ARGUMENTOU AINDA QUE DURANTE OS MESES QUE ANTECEDEM A ELEIÇÃO, O GOVERNO FEDERAL NÃO ASSINA CONVÊNIOS, NÃO INICIA OBRAS E NEM FAZ REPASSES DE RECURSOS, ATENDENDO À LEGISLAÇÃO ELEITORAL.
LOC- NA VISÃO DE NAZARENO FONTELES, DO PT DO PIAUÍ, A COINCIDÊNCIA DAS ELEIÇÕES É O ITEM DA REFORMA POLÍTICA QUE TEM MAIS CHANCES DE SER APROVADO NO CONGRESSO. O PLEITO PASSARIA A SER REALIZADO A CADA QUATRO ANOS, REDUZINDO, ASSIM, OS CUSTOS PARA O BRASIL.
LOC- OUTRO PONTO DEFENDIDO POR NAZARENO FONTELES É A EXTINÇÃO DA COLIGAÇÃO PROPORCIONAL. ELE EXPLICA QUE, POR ESSE MECANISMO, OS PARTIDOS NÃO MAIS SE UNIRIAM PARA ELEGER DEPUTADOS OU VEREADORES, DEIXANDO A ESCOLHA PARA A POPULAÇÃO.
NAZARENO FONTELES: EU TENHO CERTEZA QUE SE ISSO FOR APROVADO, NOS PRÓXIMOS ANOS, MUITO DO QUE NÓS ESTAMOS AQUI DIZENDO COMO SONHO VAI SE TORNAR REALIDADE. O NOSSO PAÍS VAI SE TORNAR CADA VEZ MAIS DEMOCRÁTICO, MAIS DESENVOLVIDO E COM MAIOR CREDIBILIDADE PERANTE AS OUTRAS NAÇÕES, COMO HOJE JÁ ESTÁ DESFRUTANDO DE UMA IMAGEM MUITO BOA PERANTE MUITOS PAÍSES.
LOC- ÂNGELO AGNOLIN, DO PDT DO TOCANTINS, DEFENDEU A APROVAÇÃO DO FINANCIAMENTO PÚBLICO DAS CAMPANHAS ELEITORAIS. NA VISÃO DO DEPUTADO, A INICIATIVA VAI INIBIR A MERCANTILIZAÇÃO DO PROCESSO ELEITORAL.
ÂNGELO AGNOLIN: NÓS PRECISAMOS CRIAR REGRAS QUE DEEM PARÂMETROS E IGUALDADE AOS CONCORRENTES. DA FORMA COMO ESTÁ AÍ, COMO NÃO HÁ UM LIMITE, QUEM ESTIPULA O LIMITE SÃO OS PRÓPRIOS PARTIDOS E OS CANDIDATOS. ISSO ESTÁ A CADA DIA ACENTUANDO A DESIGUALDADE COMPETITIVA. ENTÃO PRECISAMOS COM O FINANCIAMENTO PÚBLICO COM UMA REGRA RÍGIDA, AUSTERA, DE FISCALIZAÇÃO INCLUSIVE DURANTE A ELEIÇÃO, NÃO PÓS-ELEIÇÃO, PARA QUE A GENTE POSSA, QUANDO FOR DETECTADO O ABUSO DE PODER ECONÔMICO OU DESCUMPRIMENTO DA NORMA COM EXCESSO DE GASTOS, POSSA SER IMEDIATAMENTE SUSTADO ESSE PROCESSO, A CANDIDATURA NOTIFICADA E ATÉ MESMO CESSAR A SUA CONTINUIDADE.
LOC- ÂNGELO AGNOLIN ENTENDE QUE, DESSA FORMA, CABERÁ APENAS AO CIDADÃO, PELO VOTO DEMOCRÁTICO, DECIDIR QUEM DEVE TER O MANDADO ELETIVO.
LOC- CHICO ALENCAR, DO PSOL DO RIO DE JANEIRO, DEFENDEU A VOTAÇÃO IMEDIATA DA REFORMA POLÍTICA. PARA O DEPUTADO, AS MUDANÇAS SÃO NECESSÁRIAS E DEVEM TRAZER MAIS TRANSPARÊNCIA AO PROCESSO ELEITORAL BRASILEIRO.
CHICO ALENCAR: O SISTEMA BRASILEIRO DE POLÍTICA NÃO FAZ COM AS MAIORIAS SOCIAIS SEJAM BEM REPRESENTADAS. ELE É FALHO, PERMITE O ABUSO DO PODER ECONÔMICO, É PORTA DE ENTRADA, SOBRETUDO NAS CAMPANHAS ELEITORAIS, PARA A CORRUPÇÃO E OS ESCÂNDALOS SE SUCEDEM. ENTÃO É PRECISO UM SISTEMA NOVO. HÁ UMA PROPOSTA NA CÂMARA, QUE É MUITO BOA. ELA PEGA PONTOS ESSENCIAIS: FINANCIAMENTO PÚBLICO EXCLUSIVO DAS CAMPANHAS ELEITORAIS, TRANSPARÊNCIA TOTAL DOS RECURSOS QUE CHEGAM AOS PARTIDOS, FIM DAS COLIGAÇÕES PROPORCIONAIS. COINCIDÊNCIA DAS ELEIÇÕES.
LOC- CHICO ALENCAR RESSALTOU AINDA QUE É PRECISO O ENVOLVIMENTO DE TODA A SOCIEDADE NAS DISCUSSÕES SOBRE A REFORMA POLÍTICA, PARA QUE AS ELEIÇÕES SEJAM MAIS LIVRES E PARTIDOS MAIS IDEOLÓGICOS E DOUTRINÁRIOS.
TEC- VINHETA/ECONOMIA...
LOC- MANDETTA, DO DEM DE MATO GROSSO DO SUL, AVALIA QUE A PARTILHA DOS ROYALTIES SE SOBREPÔS A UM DEBATE MAIS AMPLO SOBRE AS RESPONSABILIDADES QUE CADA MUNICÍPIO TEM PARA COM SEUS HABITANTES.
LOC- MANDETTA PONDEROU QUE, DA FORMA COMO FOI APROVADA A DISTRIBUIÇÃO DOS ROYALTIES DO PETRÓLEO, OS MUNICÍPIOS CONTINUARÃO RECEBENDO A MENOR PARTE DOS RECURSOS.
MANDETTA: A DISCUSSÃO DOS ROYALTIES VEIO ANTES DA DISCUSSÃO PRINCIPAL QUE É A POLÍTICA DE DESCENTRALIZAÇÃO DE RESPONSABILIDADES PARA OS MUNICÍPIOS, QUE SÃO RESPONSÁVEIS PELAS POLÍTICAS DE SAÚDE, DE EDUCAÇÃO, DO LIXO, DA ÁGUA, DO TRANSPORTE, É ONDE AS PESSOAS VIVEM, CONTINUARÃO RECEBENDO, NA DIVISÃO DO NOSSO PACTO FEDERATIVO, FICANDO, A UNIÃO, DE CADA 100 REAIS DE IMPOSTOS QUE NÓS ARRECADAMOS, ALGO EM TORNO DE 69 VÃO PARA OS COFRES DA UNIÃO. ALGO EM TORNO DE 22 VÃO PARA OS COFRES DOS ESTADOS, DOS GOVERNADORES, E ALGO EM TORNO DE NOVE REAIS VÃO PARA OS COFRES DOS MUNICÍPIOS.
LOC- FRANCISCO ESCÓRCIO, DO PMDB MARANHENSE, DEFENDEU O PROJETO QUE PREVÊ A REDISTRIBUIÇÃO DOS ROYALTIES DO PETRÓLEO. ELE FRISOU QUE OS RECURSOS ORIUNDOS DA EXTRAÇÃO DE RIQUEZAS DA PLATAFORMA CONTINENTAL DEVEM BENEFICIAR TODAS AS UNIDADES DA FEDERAÇÃO.
FRANCISCO ESCÓRCIO: ESSE MUNICÍPIO MEU, QUE É SÃO VICENTE  FERRER NÃO RECEBE UM TOSTÃO. ISSO NÃO PODE ACONTECER, NÓS TEMOS QUE ENCONTRAR UMA SOLUÇÃO ADEQUADA PARA TODO O BRASIL, NÃO É O BRASIL DOS RICOS, NÃO É O BRASIL DOS POBRES, MAS É UM BRASIL EM QUE ELE SE ENTRELAÇA BUSCANDO O AMANHÃ HARMÔNICO PARA QUE NÓS POSSAMOS EXATAMENTE DAQUI A POUCO ESTAR ENTRE A QUINTA MAIOR ECONOMIA DO MUNDO.
LOC- FRANCISCO ESCÓRCIO ARGUMENTOU QUE NÃO É POSSÍVEL QUE ESTADOS COMO O RIO DE JANEIRO RECEBAM MILHÕES DE REAIS ENQUANTO DIVERSOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS CARECEM DE RECURSOS PARA EXECUTAR PROJETOS DE INTERESSES DO POVO.
LOC- RONALDO CAIADO, DO DEM DE GOIÁS, RESSALTOU A APROVAÇÃO PELOS DEPUTADOS, DO PROJETO DO SENADO SOBRE A NOVA FORMA DE DISTRIBUIÇÃO DOS ROYALTIES DO PETRÓLEO.
LOC- O DEPUTADO DEFENDEU QUE ESSE PROJETO BENEFICIA MAIS OS ESTADOS E MUNICÍPIOS, DO QUE O TEXTO ELABORADO PELA CÂMARA.
RONALDO CAIADO: SÓ PARA VOCÊS TEREM UMA IDEIA: NO MEU ESTADO DE GOIÁS, ENTRE O PROJETO DA CÂMARA E O PROJETO DO SENADO, QUE FOI APROVADO, GOIÁS VAI RECEBER A MAIS, DO QUE O PROJETO DA CÂMARA, 115 MILHÕES DE REAIS. SENDO 65 MILHÕES A MAIS PARA OS 246 MUNICÍPIOS E 48 MILHÕES A MAIS PARA O ESTADO DE GOIÁS. DESSA MANEIRA, OS MUNICÍPIOS E OS ESTADOS TERÃO COMO ATENDER MUITO MAIS A SAÚDE, A EDUCAÇÃO E A SEGURANÇA PÚBLICA.
LOC- RONALDO CAIADO DESTACOU QUE OS MUNICÍPIOS ESTÃO SEM RECURSOS PARA MANTER SERVIÇOS ESSENCIAIS, COMO O ATENDIMENTO À SAÚDE. O DEPUTADO DISSE AINDA QUE O SISTEMA EDUCACIONAL NO PAÍS TAMBÉM ENFRENTA GRANDES PROBLEMAS, COMO ENSINO DEFICITÁRIO E FALTA DE QUALIFICAÇÃO DOS PROFESSORES.
TEC- VINHETA/EFEITO....
LOC- EDSON SILVA, DO PSB DO CEARÁ, DESTACOU A POSSÍVEL VOTAÇÃO DA REFORMA TRIBUTÁRIA ESTE ANO, PELO CONGRESSO NACIONAL. O DEPUTADO AFIRMOU QUE OS IMPOSTOS EMBUTIDOS NOS PRODUTOS E SERVIÇOS SÃO ABUSIVOS E ELEVAM OS PREÇOS.
EDSON SILVA: NÓS QUEREMOS, NA REFORMA TRIBUTÁRIA, QUESTIONAR O ICMS PARA AQUELES QUE GANHAM UM OU DOIS SALÁRIOS MÍNIMOS. A CARGA TRIBUTÁRIA EMBUTIDA NO PREÇO DE UM PRODUTO NÃO PODE SER IGUAL PARA TODOS. NÓS TEMOS UMA DIVERSIDADE DE SALÁRIOS E NÃO TEMOS UMA DIVERSIDADE DE TRIBUTOS. TRIBUTO É ÚNICO. E ISSO PENALIZA QUEM GANHA POUCO. E TEM QUE COMPRAR O LEITE DO FILHO, REMÉDIO PARA A FAMÍLIA, E OUTROS QUE TÊM IMPOSTOS ALTÍSSIMOS QUE SÃO PAGOS PELOS QUE GANHAM MUITOS SALÁRIOS.
LOC- NO ENTENDIMENTO DE EDSON SILVA, O CONGRESSO DEVE OUSAR, OLHAR PARA O CONSUMIDOR E VOTAR UMA REFORMA TRIBUTÁRIA QUE BENEFICIE A POPULAÇÃO BRASILEIRA.
TEC- DESENVOLVIMENTO REGIONAL...
LOC- DEZ MILHÕES DE PESSOAS EM 1300 MUNICÍPIOS BRASILEIROS SOFREM COM UMA DAS PIORES SECAS DOS ÚLTIMOS 50 ANOS. SEGUNDO AUGUSTO COUTINHO, DO DEM DE PERNAMBUCO, OBRAS IMPORTANTES, QUE PODERIAM AMENIZAR A SITUAÇÃO, COMO A TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO, ESTÃO QUASE PARALISADAS.
AUGUSTO COUTINHO: O NORDESTE CONTA COM O MAIOR VOLUME DE ÁGUA REPRESADA EM REGIÕES SEMIÁRIDAS NO MUNDO, MAS INFELIZMENTE, FALTA UMA POLÍTICA COERENTE DE DISTRIBUIÇÃO DESSES VOLUMES PARA A POPULAÇÃO SOFRIDA. A TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO, TÃO FALADA E PROPAGADA PELO GOVERNO FEDERAL, INFELIZMENTE ENCONTRA-SE QUASE QUE PARALISADA, E COM OBRAS BEM ACIMA DO CUSTO INICIAL PREVISTO. MUITOS TRECHOS DOS CANAIS ESTÃO SE ESTRAGANDO COM O TEMPO E O DESCASO DO GOVERNO FEDERAL.
LOC- NA OPINIÃO DE AUGUSTO COUTINHO, O GOVERNO FEDERAL DEVERIA DIMINUIR INICIATIVAS ASSISTENCIALISTAS COMO O BOLSA ESTIAGEM E INVESTIR MAIS EM POLÍTICAS DEFINITIVAS PARA ENFRENTAR OS EFEITOS DA SECA QUE SE REPETEM TODOS OS ANOS NO SEMIÁRIDO.
TEC- VINHETA/SEGURANÇA PÚBLICA...
LOC- A CÂMARA APROVOU O PROJETO DE LEI QUE AUTORIZA O ADICIONAL DE PERICULOSIDADE PARA VIGILANTES DA INICIATIVA PRIVADA. AO COMEMORAR A INICIATIVA, RONALDO NOGUEIRA, DO PTB DO RIO GRANDE DO SUL, JUSTIFICA QUE ESSES PROFISSIONAIS AUXILIAM NO AUMENTO DA SEGURANÇA PÚBLICA.
RONALDO NOGUEIRA: ESSES VIGILANTES, ELES TÊM CONTRIBUÍDO, MESMO QUE PERTENÇAM À VIGILÂNCIA PRIVADA, MAS TÊM DADO UMA CONTRIBUIÇÃO EXTRAORDINÁRIA PARA A SEGURANÇA DO NOSSO PAÍS. A MÉDIA SALARIAL DESSES TRABALHADORES FICA NA FAIXA DE UM MIL E 200 REAIS. COM O ADICIONAL DE PERICULOSIDADE, AGORA, ELES TERÃO UM REFORÇO NA SUA FOLHA DE PAGAMENTO, E SEM DÚVIDA NENHUMA A INICIATIVA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, VEIO FAZER JUSTIÇA A UMA CLASSE DE TRABALHADORES, QUE ESTÁ HÁ MUITO TEMPO CONTRIBUINDO PARA O DESENVOLVIMENTO PACÍFICO DO NOSSO PAÍS.
LOC- DE ACORDO COM RONALDO NOGUEIRA, NO BRASIL HÁ 430 MIL VIGILANTES. ESSE NÚMERO REPRESENTA 11 MIL HOMENS A MAIS DO QUE TODA A CORPORAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR DISTRIBUÍDA EM TODOS OS MUNICÍPIOS DO PAÍS, RESSALTOU O PARLAMENTAR.
TEC- VINHETA/ JUSTIÇA...
LOC- WALTER FELDMAN, DO PSDB PAULISTA, AVALIOU COMO POSITIVO O JULGAMENTO DO MENSALÃO PELO STF QUE, DE ACORDO COM ELE, FORTALECEU A DEMOCRACIA BRASILEIRA AO CONDENAR INTEGRANTES DA BASE ALIADA DO GOVERNO POR CORRUPÇÃO.
WALTER FELDMAN: O STF JULGOU COMO CRIMINOSOS E RESPONSÁVEIS O NÚCLEO POLÍTICO DO MENSALÃO QUE FOI A DISTRIBUIÇÃO DE RECURSOS PARA PARLAMENTARES PARA A APROVAÇÃO DE MATÉRIAS NO CONGRESSO NACIONAL. ELE APUROU ATRAVÉS DE PROVAS DIRETAS E INDIRETAS QUE HAVIA UM NÚCLEO COM VINCULAÇÕES QUE SE ESPALHAVAM ATRAVÉS DOS PARTIDOS DA BASE ALIADA E TAMBÉM COM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS E EMPRESAS DE PUBLICIDADE.
LOC- WALTER FELDMAN DESTACOU QUE NÃO PODE HAVER DEMOCRACIA E SOCIEDADE MODERNA SEM QUE A ÉTICA E O COMPROMISSO PÚBLICO SEJAM OS INSTRUMENTOS PRINCIPAIS PARA A CONDUÇÃO DA VIDA POLÍTICA NACIONAL.
LOC- ALCEU MOREIRA, DO PMDB GAÚCHO, CRITICOU A POLÍTICA ADOTADA PELO GOVERNO FEDERAL PARA DEMARCAR TERRAS INDÍGENAS E QUILOMBOLAS. PARA O DEPUTADO, HÁ PROBLEMAS NOS CONTRATOS DA FUNAI E DO INCRA PARA DESAPROPRIAÇÃO DE TERRAS, ALÉM DE INFLUÊNCIAS ELEITORAIS NA DEMARCAÇÃO DESSES TERRITÓRIOS.
ALCEU MOREIRA: PARA FAZER UM CONTRATO COM OS NEGROS E COM OS ÍNDIOS, NÃO HÁ COMO FAZER SEM CONVERSAR COM ELES. E O ESTADO NÃO PODE UTILIZÁ-LOS COMO MASSA DE MANOBRA, COMO COBAIA. É PRECISO QUE TODAS AS PARTES ENVOLVIDAS ESTEJAM NO PROCESSO DE DISCUSSÃO, E NÃO CREIO QUE A PESSOA QUE TEM LIMITE DE VIZINHANÇA COM A ÁREA DESEJADA TENHA QUE PAGAR A CONTA SOZINHA. ESSA CONTA, DOS NEGROS E DOS ÍNDIOS, TODOS NÓS BRASILEIROS, MOREMOS AONDE FOR, TEMOS NOSSA QUOTA A PAGAR. TEM QUE SER DIVIDIDO O SACRIFÍCIO ENTRE TODOS, PARA DAR DIGNIDADE E FAZER JUSTIÇA COM NOSSOS IRMÃOS.
LOC- O PARLAMENTAR AFIRMOU QUE ATÉ LAUDOS FRAUDULENTOS SÃO USADOS NOS PROCESSOS DE EXPROPRIAÇÃO DE TERRAS PRODUTIVAS. ALCEU MOREIRA ALERTOU AINDA QUE É PRECISO TER BOM SENSO E JUSTIÇA NA HORA DE DECIDIR EM FAVOR DE QUALQUER SEGMENTO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA.
TEC- VINHETA/EFEITO....
LOC- LUIZ ALBERTO, DO PT BAIANO, CONCLAMOU O PARLAMENTO PARA APROVAR O PROJETO QUE ESTABELECE POLÍTICAS EM FAVOR DAS COMUNIDADES TRADICIONAIS DO BRASIL.
LUIZ ALBERTO: ESSAS COMUNIDADES JÁ SÃO OBJETIVO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DO GOVERNO. NO ENTANTO EU QUERO TRANSFORMAR ESSAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE GOVERNO EM POLÍTICAS DE ESTADO, OU SEJA, UMA LEGISLAÇÃO QUE GARANTA EM QUALQUER GOVERNO QUE DIRIJAM O NOSSO PAÍS ESSAS POLÍTICAS SEJAM PERMANENTES. ENTÃO JÁ EXISTE NO CONJUNTO DELAS INTRODUZ NOVOS CONCEITOS COMO, POR EXEMPLO, OS TERRITÓRIOS TRADICIONAIS ONDE HOJE NÓS TEMOS AS POPULAÇÕES INDÍGENAS E AS COMUNIDADES QUILOMBOLAS TÊM O DIREITO A ESTE CONCEITO DE TERRITÓRIOS HISTÓRICOS, TERRITÓRIOS TRADICIONAIS, NO ENTANTO, OUTRAS CATEGORIAS COMO PESCADORES E MARISQUEIROS NÃO TÊM.
LOC- LUIZ ALBERTO FRISOU QUE O BRASIL POSSUI GRANDE NÚMERO DE COMUNIDADES TRADICIONAIS QUE PRECISAM TER SEU DIREITO DE REPRODUÇÃO ASSEGURADOS PELO PODER PÚBLICO.
TEC- VINHETA/SAÚDE...
LOC- JESUS RODRIGUES, DO PT, ANUNCIOU QUE SERÁ INSTALADA UMA UNIDADE DA FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ NO PIAUÍ. ELE ACREDITA QUE A INICIATIVA VAI OTIMIZAR A PESQUISA, A QUALIFICAÇÃO DE PESSOAL E A PRODUÇÃO DE VACINAS NAQUELE ESTADO.
JESUS RODRIGUES: NOSSA CAPITAL QUE FICA NO INTERIOR DO ESTADO, NO CONTINENTE, É A ÚNICA CAPITAL DO NORDESTE QUE NÃO FICA NO LITORAL, NÓS TEMOS UMA PARTICULARIDADE DE SERMOS UM CENTRO DE SAÚDE ONDE NÓS ATENDEMOS MUITA GENTE QUE VEM DO MARANHÃO, DO PARÁ, DO TOCANTINS, DO CEARÁ PARA SEREM ATENDIDOS NO PIAUÍ. ENTÃO, O PIAUÍ É UMA REFERÊNCIA EM SAÚDE NO QUE DIZ RESPEITO À REGIÃO NORDESTE. NÓS TEMOS NAQUELA REGIÃO ALGUMAS DOENÇAS QUE NÃO SÃO AINDA DEVIDAMENTE ESTUDADAS, PESQUISADAS A FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ CHEGA COM ESSE PAPEL.
LOC- JESUS RODRIGUES ACRESCENTOU QUE JÁ EXISTE UMA EMENDA DE BANCADA PARA ASSEGURAR A CONSTRUÇÃO DA UNIDADE DA FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ NO PIAUÍ E, ASSIM, OFERECER MELHORIAS À SAÚDE DE TODOS OS NORDESTINOS.
TEC- VINHETA/EFEITO....
LOC- PARA FELIPE BOURNIER, DO PSD FLUMINENSE, OS ANOS DE 2013 E 2014 VÃO SER POSITIVOS PARA O BRASIL. O DEPUTADO VÊ NOS EVENTOS INTERNACIONAIS QUE O PAÍS VAI SEDIAR, GRANDES OPORTUNIDADES PARA O DESENVOLVIMENTO SOCIAL.
LOC- FELIPE BOURNIER ACREDITA NO CRESCIMENTO DA MÃO DE OBRA QUALIFICADA E DO SETOR TECNOLÓGICO. NO ENTANTO, O DEPUTADO LEMBROU QUE OUTRAS ÁREAS, ESPECIALMENTE A SAÚDE, PRECISAM DO APOIO GOVERNAMENTAL PARA ALCANÇAREM MELHORIAS.
FELIPE BOURNIER: EU VEJO QUE A SAÚDE PRECISA SER TRATADA DE UMA FORMA MAIS DIGNA. TODOS NÓS SABEMOS A IMPORTÂNCIA QUE TEM A SAÚDE PARA A POPULAÇÃO, PRINCIPALMENTE A POPULAÇÃO MAIS CARENTE. PRECISAMOS MELHORAR ESSE TIPO DE SERVIÇO, MELHORAR AS UNIDADES, COLOCÁ-LAS FUNCIONANDO, O ATENDIMENTO E PRINCIPALMENTE INSTALAÇÕES DE QUALIDADE. QUANDO EU FALO EM QUALIDADE DA SAÚDE SIGNIFICA REALMENTE GARANTIR SEMPRE OS INVESTIMENTOS NA CAPACITAÇÃO DE PROFISSIONAIS E A DISPONIBILIDADE ACIMA DE TUDO DE MEDICAMENTOS E SERVIÇOS EM EQUIPAMENTOS DOS MAIS SIMPLES AOS DE MAIS ALTA TECNOLOGIA.
TEC- VINHETA/EDUCAÇÃO...
LOC- NA VISÃO DE NEWTON LIMA, DO PT PAULISTA, A APROVAÇÃO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FOI UMA DAS MAIORES CONQUISTAS DA SOCIEDADE EM 2012. O DEPUTADO AFIRMOU QUE O NOVO PLANO É OUSADO E CONTOU COM A REALIZAÇÃO DE AUDIÊNCIAS EM TODO O PAÍS.
NEWTON LIMA: EU QUERO DESTACAR DUAS DAS VINTE METAS. A DE NÚMERO 17, QUE FALA DA VALORIZAÇÃO DO MAGISTÉRIO. NÓS NÃO CHEGAREMOS A LUGAR NENHUM SE NÓS NÃO DERMOS A DEVIDA IMPORTÂNCIA AO PRINCIPAL PROTAGONISTA DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM QUE É O PROFESSOR. A OUTRA META, É A META 20, QUE NÓS OUSAMOS AINDA MAIS SABENDO QUE O BRASIL HOJE AVANÇOU NA APLICAÇÃO DE 5,1 % DA NOSSA RIQUEZA NA EDUCAÇÃO, MAS QUE OUTROS PAÍSES TRABALHAM COM 7,5 % DA SUA RIQUEZA APLICADA A ESSA ÁREA ESTRATÉGICA. NÓS QUEREMOS, ATÉ PARA ACELERAR O PROCESSO E LEVAR O PAÍS A SER A QUINTA POTÊNCIA MUNDIAL, CHEGARMOS A 10 POR CENTO DO PIB.
LOC- NEWTON LIMA ESCLARECEU AINDA QUE A META 17 PREVÊ, EM DEZ ANOS, DOBRAR O SALÁRIO DO PROFESSOR DO ENSINO FUNDAMENTAL, PARA TORNAR A CARREIRA MAIS ATRATIVA AOS JOVENS.
TEC- VINHETA/EFEITO....
LOC- DOMINGOS NETO, DO PSB DO CEARÁ, FEZ UM BALANÇO DOS TRABALHOS DA FRENTE PARLAMENTAR DA JUVENTUDE REALIZADOS NA CÂMARA EM DEFESA DOS JOVENS DE TODO O BRASIL.
DOMINGOS NETO: ESTIVEMOS À FRENTE NO ANO DE 2011 APROVANDO O ESTATUTO DA JUVENTUDE QUE HÁ SETE ANOS ESTAVA PARADO NESTA CASA E NO ANO DE 2012 ESTIVEMOS JUNTOS COM TODOS OS MOVIMENTOS DE JUVENTUDE DESTE PAÍS PARA FORTALECER A PAUTA JUNTO AO GOVERNO FEDERAL E AOS PARTIDOS QUE LANÇARAM CANDIDATOS A PREFEITOS EM TODO O BRASIL EM FASE DE GARANTIR OS 100 POR CENTO DOS ROYALTIES DO PRÉ-SAL QUE SEJAM INVESTIDOS NA EDUCAÇÃO.
LOC- DOMINGOS NETO ACREDITA QUE APENAS POR MEIO DO AUMENTO DOS INVESTIMENTOS PÚBLICOS EM EDUCAÇÃO O PAÍS VAI SUPERAR AS DESIGUALDADES SOCIAIS E ECONÔMICAS E GARANTIR O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO BRASIL.
TEC- VINHETA/ CULTURA...
LOC- EM DEZEMBRO DE 2012, A UNESCO RECONHECEU O FREVO COMO PATRIMÔNIO IMATERIAL DA HUMANIDADE. ANTES, A DANÇA JÁ HAVIA SIDO RECONHECIDA COMO PATRIMÔNIO CULTURAL DO BRASIL, GRAÇAS AO TRABALHO PROTAGONIZADO PELO GOVERNO DE PERNAMBUCO EM 2001. JOÃO PAULO LIMA, DO PT, LEMBROU O CAMINHO TRILHADO PELO ESTADO PARA ALCANÇAR A CONQUISTA.
JOÃO PAULO LIMA: FIZEMOS UM CONVÊNIO COM A UNIVERSIDADE FEDERAL E FIZEMOS UM ESTUDO DO FREVO. ESSE ESTUDO FOI A BASE QUE LEVOU, AINDA NO GOVERNO LULA, AINDA COM O MINISTRO GILBERTO GIL, O FREVO SER RECONHECIDO COMO PATRIMÔNIO IMATERIAL DO POVO BRASILEIRO, E A BASE DESSE TRABALHO FOI LEVADA PARA A UNESCO QUE RECONHECEU, NO DIA CINCO DE DEZEMBRO DO ANO PASSADO, O FREVO COMO PATRIMÔNIO IMATERIAL DA HUMANIDADE.
LOC- A CULTURA, NO ENTENDIMENTO DE JOÃO PAULO LIMA, REPRESENTA UM ELEMENTO FUNDAMENTAL PARA O CONHECIMENTO DOS POVOS.
LOC- TERMINA AQUI O JORNAL CÂMARA DOS DEPUTADOS. BOA NOITE E ATÉ AMANHÃ!
TEC- VINHETA/ENCERRAMENTO.....

Programa do Poder Legislativo com informações sobre as ações desenvolvidas na Câmara Federal e opiniões dos parlamentares

De segunda a sexta, das 19h às 20h

facebook twitter spotify podcasts apple rss

Todas as Edições