Rádio Câmara

Reportagem Especial

Crianças aprendem brincando com o projeto Mão na Massa - Bloco 2

  • Crianças aprendem brincando com o projeto Mão na Massa - Bloco 2

A aula é sobre flutuabilidade. Em vez de abrir os livros para ler sobre o assunto, as crianças trazem vários materiais do seu cotidiano, como lápis, tesoura, frutas e pedras, colocando tudo numa mesa. Elas discutem o que acham que vai acontecer com cada objeto: vai afundar ou não ao ser colocado na água? Elas registram isso no caderno e partem para a experiência em si, colocando os objetos na água e observando o que acontece. A partir daí, a criança divide o grupo entre os objetos que afundam e não afundam, e passa a observar as características comuns entre eles. Esse é um exemplo de aula de ciências desenvolvido na filosofia do projeto Mão na Massa. Nada de decoreba, nada de falar sobre algo distante da criança.

O projeto nasceu na França e chegou ao Brasil em 2001, com a capacitação de vários professores na cidade de São Paulo. Hoje, o Mão na Massa já faz parte da realidade de escolas em outros estados, como é o caso de Minas Gerais, que já capacitou mais de mil professores das séries iniciais do ensino fundamental. O professor Evandro Passos, da Universidade Federal de Viçosa, é o coordenador do Projeto Mão na Massa em Minas, e diz que o estado assumiu a liderança no país, estando presente em mais de duzentas escolas mineiras. Evandro Passos destaca a importância da interdisciplinaridade do projeto.

"Onde a professora realiza com suas crianças experiências, seja na área de ciências, seja na área de matemática, mas o mais importante: como ferramenta para a alfabetização, que é de fato a preocupação inicial dos professores dessas séries iniciais... Para uma criança pequena torna-se muito mais fácil falar e escrever sobre alguma coisa que ela própria vivencia. O diferencial deste projeto é que ao invés de estar falando sobre ciências, a professora disponibiliza para a criança, que trabalha em grupos, materiais concretos que ela manipula. E assim, discutindo com os colegas, vai construindo o próprio conhecimento científico."

E os professores ficam às vezes mais empolgados do que as crianças com o projeto. É o caso da professora Leonilda Silva Miranda. Ela leciona em Campo Belo, interior de Minas Gerais, e está participando do curso de capacitação do Projeto Mão na Massa. Ela confessa que não vê a hora de voltar para a escola e colocar em prática tudo o que está aprendendo no curso. Leonilda admite que está aprendendo muita coisa nova, apesar dos 25 anos de experiência como professora.

"Nossa, eu quero aproveitar na minha casa, toda latinha de leite condensado, copinho de iogurte, e já vou fazendo o papel reciclado para trabalhar, fazer arte. E no final do ano a nossa turma da escola onde eu trabalho, a gente põe os trabalhos realizados pelos meninos durante o ano todo. E eu estava sem opção de nada, e agora eu tenho tantas idéias, eu quero chegar lá e colocar isso em prática, e fazer muito trabalho artesanal com os meninos".

Leonilda está entusiasmada para voltar para a sala de aula e ensinar ciências de uma forma prática para seus alunos.

"Uma maneira diferente de ensinar para eles, porque a gente às vezes ensinava só aquilo que estava no livro. Ficava preso ao livro, a gente não mostrava as coisas para os meninos, como que funciona. Agora a gente tem essa opção de saber como funciona, e passar para eles, para eles entenderem melhor sem ter que ficar decorando, eles vão aprender com a prática."

Ao aderir ao projeto, cada escola recebe um kit, com o qual várias experiências podem ser realizadas, como caleidoscópio, lâmpada e balança de garrafa pet, por exemplo. Além disso, como o papel é responsável pelo maior volume de resíduos produzidos por uma escola, as crianças participantes do projeto também aprendem a reciclar papel, produzindo papel artesanal e papel machê.

De Brasília, Adriana Magalhães.

A abordagem em profundidade de temas relacionados ao dia a dia da sociedade e do Congresso Nacional.

De segunda a sexta, às 3h, 7h40 - dentro do programa Painel Eletrônico - e 23h

facebook twitter spotify podcasts apple rss

Todas as Edições