Rádio Câmara

Reportagem Especial

Especial Consumo 4 - Cartilha para Jovens Consumidores (04'16'')

  • Especial Consumo 4 - Cartilha para Jovens Consumidores (04'16'')

NA ÚLTIMA MATÉRIA DA SÉRIE ESPECIAL SOBRE A RELAÇÃO DA JUVENTUDE COM O CONSUMO, VOCÊ VAI CONHECER UMA CARTILHA QUE ESTÁ DANDO BONS RESULTADOS NO CEARÁ PARA ESCLARECER OS JOVENS QUANTO ÀS ARMADILHAS DO CONSUMISMO.

Formar consumidores mais conscientes, essa foi a idéia da Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor da Assembléia Legislativa do Ceará, ao criar em 2006 a Cartilha do Jovem Consumidor. A cartilha tem como objetivo informar e ajudar os consumidores a evitarem problemas diante das relações de consumo, ou resolvê-los de maneira rápida e eficaz. Formulada em linguagem de fácil acesso a cartilha traz a definição dos conceitos que envolvem a compra e a venda. Há ainda uma cópia do artigo sexto do código de defesa do consumidor que trata dos direitos básicos do consumidor. Uma das editoras da cartilha de quinze páginas, Anna Waléria Sampaio de Araújo, nos conta como surgiu a idéia.

"Eu trabalhei seis anos como coordenadora do Procon Assembléia que é a comissão de defesa dos direitos do consumidor que tem um atendimento diferenciado, que tem um atendimento que nem um Procon realmente, só não tem o poder de polícia, mas é um órgão conciliatório. E lá eu trabalhava exatamente na parte de educação para o consumo, com projetos educacionais orientando tanto nas escolas como pra adultos também e a gente vê a necessidade de orientar e de capacitar todo mundo, principalmente os jovens, principalmente aqueles que tem os pais que não tiveram acesso à educação que podem ajudar a orientar seus pais também. Afinal os jovens são consumidores e às vezes até mais que os adultos."

Anna Waléria informou que já foram distribuídas milhares de cartilhas. O material também está disponível no site do Ministério da Justiça. O endereço é www.mj.gov.br/ dpdc. Clique no item educação para o consumo e depois no catálogo de defesa do consumidor. As publicações estão divididas por estado é só procurar o do Ceará e baixar o arquivo com a cartilha.

MÚSICA PASSAGEM

Preocupada com a influência da propaganda sobre seus alunos, a professora de história Valéria Sampaio da Escola Municipal Professor Luiz Costa, em Fortaleza, utilizou a cartilha para trabalhar o consumo consciente com seus alunos.
A professora aproveitou a matéria dada em sala de aula que falava sobre capitalismo para introduzir a cartilha e suas informações para a vida prática dos alunos.
Com o sucesso da iniciativa, ela passou a trabalhar também com alunos do sexto ao nono ano do ensino fundamental. Apesar de recente o projeto já está dando frutos:

"Estão mais exigentes pedindo nota fiscal, observando prazo de validade, observando se realmente eu preciso consumir isso, se isso é bom para mim no sentido de alimentos. Existe a questão da mídia e a gente trabalha isso. Trabalhamos a propaganda, qual o papel da propaganda. Como a gente trabalha com aluno de periferia. Existe até a questão de roubo mesmo, de roubar pra poder ter dinheiro pra comprar aquele objeto. Então tem mexido muito com o imaginário dos adolescentes."

O aluno Arthur Fraga, de 15 anos afirmou que sua relação com o consumo mudou muito depois do início do projeto. Ele disse que agora presta mais atenção na qualidade e no preço dos produtos. Arthur garantiu que não sai mais de um estabelecimento comercial sem pedir a nota fiscal.

O projeto se expandiu, envolveu professores de outras matérias e está aproveitando o ano eleitoral para conscientizar os jovens eleitores. Valéria Sampaio explica a proposta:

"Se existe o consumidor consciente, deve ter o voto consciente. Os candidatos eles se apresentam como um produto e que produto é esse? Que ser humano é esse? Que ser que eu vou decidir, que eu vou escolher que tem as melhores propostas para a gestão da cidade."

De Brasília, Karla Alessandra

A abordagem em profundidade de temas relacionados ao dia a dia da sociedade e do Congresso Nacional.

De segunda a sexta, às 3h, 7h40 - dentro do programa Painel Eletrônico - e 23h

facebook twitter spotify podcasts apple rss

Todas as Edições