Rádio Câmara

Reportagem Especial

Especial Câmara dos Deputados - Jornalismo - (06' 14")

  • Especial Câmara dos Deputados - Jornalismo - (06' 14")

HOJE A REPORTAGEM ESPECIAL VAI FALAR DA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DA CÂMARA. VOCÊ VAI CONHECER OS ESFORÇOS DA RÁDIO, TV, JORNAL E AGÊNCIA CÂMARA EM MOSTRAR AS DECISÕES E INICIATIVAS DOS 513 DEPUTADOS DE FORMA IMPARCIAL, DEMOCRÁTICA E BASEADA NO INTERESSE PÚBLICO. CONHEÇA TAMBÉM AS EXPERIÊNCIAS DO PORTAL DA CÂMARA NA INTERNET E DO SITE PLENARINHO, DEDICADO ÀS CRIANÇAS.

A Câmara dos Deputados conta com uma Secretaria de Comunicação Social preocupada em ampliar os instrumentos de transparência da Casa. Por meio de TV, rádio, jornal e agência de notícias, veículos acessíveis também pela internet, as principais decisões e iniciativas dos 513 deputados chegam aos cidadãos de todo o país, numa cobertura jornalística imparcial, democrática e voltada exclusivamente para o interesse público.

Sessões do Plenário, audiências públicas, reuniões das comissões temáticas e das CPIs são transmitidas ao vivo pela rádio e pela TV Câmara, permitindo, assim, que o cidadão acompanhe passo a passo o trabalho de seu parlamentar na discussão e votação de matérias diretamente ligadas ao dia-a-dia da sociedade. A Agência Câmara transmite em tempo real, pela Internet, o andamento desses mesmos eventos. A coordenadora de Jornalismo da Secom, Maristela Santana, explica o modelo de comunicação pública seguido pelos quatro veículos da Casa.

"O nosso trabalho não é o de divulgar ações individuais de parlamentares, mas sim divulgar ações que tenham interesse público. Principalmente porque a grande mídia não tem condições de cobrir tudo o que acontece aqui dentro. É uma Casa muito grande em que, numa quarta-feira por exemplo, a gente tem às vezes 50 a 60 eventos acontecendo aqui dentro e é impossível para a grande imprensa cobrir tudo. Então, o nosso papel é tentar cobrir o maior número possível de eventos, sempre tendo como enfoque a comunicação pública, sempre buscando a transparência e tentando ver como, de fato, os grandes assuntos de interesse nacional estão repercutindo dentro do Parlamento"

Maristela Santana ressalta ainda o trabalho do jornalismo da Câmara em relação aos projetos de lei que tramitam nas comissões temáticas em caráter conclusivo, ou seja, sem a necessidade de serem apreciados no Plenário da Câmara. São decisões importantes para a sociedade que, muitas vezes, passam despercebidas para a grande imprensa nacional, mas são fartamente detalhadas pela agência, jornal, rádio e TV Câmara.

O esforço da Casa em se mostrar mais aberta e transparente é bem recebido pela sociedade civil em geral. O sociólogo e especialista em comunicação pública da Universidade de São Paulo, Laurindo Leal Filho, atesta que, nos últimos anos, a ampliação dos instrumentos de informação da Câmara tornaram o trabalho dos deputados muito mais acessível ao controle da população.

"Hoje, pela TV Câmara, rádio e jornal, é possível termos uma visão muito próxima da realidade do que fazem os parlamentares em seu trabalho cotidiano. Esse trabalho é muito importante porque propicia ao leitor, ouvinte e telespectador uma visão que não está contaminada pelos interesses dos veículos de comunicação em massa em geral, muitas vezes movidos por interesses políticos, econômicos e, às vezes, até por preconceitos de jornalistas e editores em relação ao trabalho parlamentar"

O sociólogo da USP acredita que esses instrumentos de transparência ainda podem ser ampliados, a partir das demandas da sociedade por mais vigilância sobre seus representantes no Congresso Nacional.

Além da transparência, a interação é outra palavra de ordem na Secretaria de Comunicação da Câmara. Os quatro órgãos de jornalismo da Casa têm mecanismos de contato direto com o cidadão. A coordenadora Maristela Santana destaca alguns deles.

"Um da própria Rádio Câmara, que é o ´Ouvinte quer saber´, em que o cidadão apresenta a sua pergunta diretamente para um parlamentar específico ou para um parlamentar que possa falar daquele assunto. E essa resposta vai ao ar na própria Rádio Câmara e fica disponível também na Internet. Na TV Câmara, a gente tem o ´Expressão Nacional´, que é um programa ao vivo e que o último bloco do programa permite a participação do telespectador. E o chat da Agência Câmara, que propicia que um parlamentar debata com a população um tema de relevo que está sendo discutido no Parlamento"

Mas não é só isso. A Secom tem ainda uma Coordenação de Comunicação Instituticional, diretamente ligada às ações de transparência e de divulgação do que ocorre na Câmara. Os profissionais de Relações Públicas, de Publicidade e de Comunicação Digital da Casa já desenvolveram várias ferramentas premiadas por permitir a interatividade entre o cidadão e os parlamentares, como explica o coordenador Flávio Elias.

"Nós trabalhamos com algumas frentes. A primeira delas, sem dúvida, é o Portal da Câmara dos Deputados, que divulga diariamente milhares de informações para o cidadão. E ainda contamos com o ‘Fale Conosco’, em que o cidadão, no Portal, pode remeter alguma dúvida que será colocada. No site Plenarinho, a gente faz um trabalho basicamente parecido, só que voltado para crianças de todo Brasil, na linguagem correta e adequada"

Flávio Elias cita ainda a central de comunicação interativa da Câmara pelo telefone 0800-619619, por meio da qual o cidadão liga gratuitamente para tirar dúvidas, apresentar sugestões ou críticas e acompanhar a tramitação de projetos de lei. Além disso, as Relações Públicas mantêm um programa de visita guiada à Câmara dos Deputados. O maior fluxo de visitações ocorre nos fins de semana, quando a Casa do cidadão brasileiro chega a receber, em média, 5 mil pessoas.

De Brasília, José Carlos Oliveira

E VOCÊ SABIA QUE A CÂMARA TEM UM ESPAÇO ABERTO PARA QUE PINTORES, ESCULTORES, FOTÓGRAFOS, MÚSICOS E ESCRITORES EXIBAM SUAS ARTES? TRATA-SE DO ESPAÇO CULTURAL DA CÂMARA, QUE TRANSFORMA CORREDORES E SALAS DA CASA EM GALERIAS E PALCOS ABERTOS PARA ARTISTAS FAMOSOS E INICIANTES. SAIBA COMO VISITAR OU EXIBIR SUAS OBRAS AQUI NA CÂMARA, NA REPORTAGEM ESPECIAL DE AMANHÃ.

A abordagem em profundidade de temas relacionados ao dia a dia da sociedade e do Congresso Nacional.

De segunda a sexta, às 3h, 7h40 - dentro do programa Painel Eletrônico - e 23h

facebook twitter spotify podcasts apple rss

Todas as Edições