A Voz do Brasil

Convivência com semi-árido é saída para o nordestino

Publicação: 19/08/2002 - 00:00

  • Convivência com semi-árido é saída para o nordestino

TEC- VINHETA/ABERTURA....
LOC- Convivência com semi-árido é saída para o nordestino
LOC- Setor pesqueiro registra resultados positivos
LOC- Aécio Neves convoca deputados para esforço concentrado
TEC- VINHETA/ABERTURA....
LOC- O Presidente da Câmara, AÉCIO NEVES, que está viajando hoje, para o Uruguai, por imposição constitucional, anunciou que a pauta de votações, para semana que vem, será debatida durante reunião no Palácio Alvorada, na próxima sexta-feira, pela manhã.
LOC- AÉCIO NEVES pediu aos parlamentares que estejam em Brasília entre os dias 27 e 28, quando será realizado esforço concentrado para a votação de importantes matérias.
TEC- SONORA (37”)- Aécio Neves: “Nós Pretendemos votar matérias extremamente relevantes, não para este ou aquele partido, tampouco para este ou aquele candidato à presidência, mas para a País. Portanto, como presidente da Câmara eu tenho feito essa convocação, faço novamente porque nós vamos votar questões relativas ao fim da cumulatividade das contribuições e vamos avançar outras matérias sobre o sistema financeiro. Portanto é algo absolutamente fundamental e o apelo que eu faço é esse, para que os parlamentares suspendam por dois dias as suas campanhas, para que nós possamos dar ao país mais essa importante contribuição, a tranqüilidade para a transição que ocorrerá nos próximos meses”.
LOC- AÉCIO NEVES, que viaja juntamente com o presidente Fernando Henrique, retorna ao Brasil na quarta-feira à noite.
TEC- VINHETA/PASSAGEM....
LOC- Crise econômica agrava violência, afirma deputado
LOC- JOSÉ DE ABREU, do PTN de São Paulo, apontou a crise econômica como um dos fatores que estão agravando a violência nas cidades brasileiras.
TEC- SONORA (50”) – José de Abreu: “O que nós estamos vendo é que as indústrias estão diminuindo o seu processo produtivo até mesmo porque o Mercosul que era esperança e nós tínhamos parcerias comerciais nós estamos aí vendo a Argentina vivendo um episódio de crise muito forte o que vem prejudicar ainda mais o nosso processo produtivo no país. A onda especulativa que vem se avizinhando entrono do Brasil, ou seja esta onda de especulação encima do dólar essa coisa toda acaba levando a uma instabilidade que a única coisa que cresce, se desenvolve e se organiza é o crime organizado.”
LOC- JOSÉ DE ABREU disse ainda que o seqüestro, antes restrito aos grandes empresários, está se estendendo à classe média, colocando em pânico a população, principalmente em São Paulo.
TEC- VINHETA/PASSAGEM
LOC- Deputado destaca avanços da pesca brasileira
LOC- NELSON MARQUEZELLI, do PPB paulista, considera uma grande vitória o Ministério da Agricultura ter assumido a responsabilidade sobre a pesca, que antes cabia ao Ibama.
LOC- Segundo o deputado, em apenas dois anos o Brasil já começou a diminuir as importações de pescado e passou a exportar para os Estados Unidos e Europa.
LOC- MARQUEZELLI destaca ainda os resultados positivos da mudança, para o país e para o desenvolvimento do setor pesqueiro.
TEC- SONORA (29”) – Nelson Marquezelli: “O objetivo nosso é organizar as colônias de pescadores. Só no estado de São Paulo nós temos 21 colônias. Estamos visitando, estamos organizando, estamos dando condições aos pescadores profissionais para que ele possa educar, e saber orientar a todos aqueles que fazem do seu trabalho o ganha-pão e tenha condições de fazer a preservação do meio ambiente. Esse é o grande trabalho nosso.”
LOC- NELSON MARQUEZELLI ressaltou ainda a necessidade de se conscientizar os que praticam a pesca esportiva sobre a importância de preservar o meio ambiente.
TEC- VINHETA/EFEITO....
LOC- PAUDERNEY AVELINO, do PFL do Amazonas, registrou a decisão do ministério da agricultura, que disponibilizou, através da Companhia nacional de abastecimento, Conab, o remanejamento de mil toneladas de milho para o programa de venda em balcão.
TEC- SONORA (31”) – Pauderney Avelino: “O Amazonas que estava incluído, está incluído, mas que tinha um percentual, um volume de milho muito pequeno para atender as demandas, atender aos criadores de aves. Nós conseguimos então ampliar numa conversa agora com o ministro da agricultura dentro da Conab ampliar e remanejar mais mil toneladas até o final do ano, onde serão atendidos os produtores rurais do setor avícola.”
LOC- PAUDERNEY AVELINO afirmou que a medida irá beneficiar de forma significativa o setor primário amazonense, principalmente os produtores de frango.
TEC- VINHETA/PASSAGEM....
LOC- Convivência com semi-árido é saída para o nordestino
LOC- WELLINGTON DIAS, do PT piauiense, acredita que é possível viver no semi-árido, desde que se encontrem meios de armazenar água. Ele afirma que a quantidade de água proveniente da chuva é suficiente para abastecer a região.
TEC- SONORA (38”) – Wellington Dias 1: “Há irregularidades nas chuvas, mas a quantidade de água que cai nessa região das secas ela é dez vezes toda a água acumulada na superfície da terra. Nós temos aí cerca de... naquela região, temos cerca de 80 bilhões de metros cúbicos de água acumulada nos rios, nos lagos, nos açudes, nas barragens, e nos temos cerca de 800 bilhões de litros de água que caem todo ano até na pior seca. Qual é o problema? O grande segredo é como captar esta água, como armazená-la, protegida da infiltração, da evaporação ou dela ir embora para o mar.”
LOC- WELLINTON DIAS entende que a busca de alternativas pode acabar com o maior problema do semi-árido nordestino: a pobreza permanente. Segundo ele, a metade dos brasileiros mais pobres vive na região.
LOC- WELLINGTON DIAS defende uma nova cultura de convivência com a seca e sugere a formação de grupos de agentes do semi-árido, para orientar os habitantes sobre as plantas e animais que melhor se adaptam às condições da região.
TEC- SONORA (34”) – Wellington Dias 2: “Um agente rural, uma pessoa mais preparada da comunidade que vai ter a responsabilidade de introduzir uma nova cultura para um grupo de cem, duzentas, trezentas famílias. Fazer com que ele perceba e conheça a natureza do ambiente que ele vive, que existem plantas que convivem melhor com a seca, como o caju, como o algodão, plantas que têm resultado econômico. Que têm animais que convivem melhor com a seca: o bode, a ovelha, a abelha, não é. E que é possível ter resultado econômico a partir dessa realidade.”
TEC- VINHETA/PASSAGEM...
LOC- Falta de saneamento preocupa parlamentares
LOC- A falta de saneamento básico no Acre é responsável pela incidência de várias doenças, razão pela qual, o deputado JOSÉ ALEKSANDRO, do PSL, tem destinado recursos para os municípios do estado, através de emendas ao Orçamento da União.
LOC- De acordo com JOSÉ ALEKSSANDRO, ainda este ano será realizado um Fórum com todos os prefeitos para unificar as ações junto ao Governo Federal, com o objetivo de agilizar obras de saneamento básico no Acre.
TEC- SONORA (39”) – José Aleksandro: “O meu estado é um estado que os municípios sofrem muito. Nós temos uma dificuldade muito grande, principalmente na área de saneamento. Então todo recurso que eu consegui levar para o estado do Acre sempre foi na área de saneamento. Isso com certeza absoluta ameniza essa situação. Agora, por parte do governo federal, é isso que nós temos discutido junto a todos os municípios, inclusive, pretendemos fazer um Fórum de Debates, agora no final deste ano com todos os prefeitos do estado do Acre, para que nós tenhamos uma ação mais forte política em cima do Governo Federal, porque geralmente a classe política gosta muito de levar recursos, mostrar obras feitas, mas o saneamento é fundamental”.
LOC- O deputado ITAMAR SERPA, do PSDB, também está empenhado em assegurar obras de infra-estrutura. Ele foi autor de emendas orçamentárias que beneficiaram a Baixada Fluminense, no estado do Rio de Janeiro.
LOC- Somente para Nova Iguaçu foram enviados quase 15 milhões de reais, segundo ITAMAR SERPA, que ressalta a importância do saneamento básico na prevenção de doenças.
TEC- SONORA (39”) – Itamar Serpa: “Tem o Morar Bem, que foi na grama, onde se faz o esgoto da própria casa, quer dizer, faz o tratamento do esgoto que é um dos maiores problemas poluentes. Muita gente pensa que é a indústria e, na verdade, a maioria da poluição vem das residências que jogam o esgoto, fezes in natura, dentro dos córregos, rios e do esgoto, porque infelizmente na Baixada Fluminense, todo mundo sabe, as águas pluviais, as águas de chuva são junto com a água de esgoto, isso é um absurdo, porque geralmente é separado e lá, nós, infelizmente, desde o início não é separado.”
TEC- VINHETA/SAÚDE.....
LOC- Parlamentares lutam para melhorar a saúde
LOC- FERNANDO GONÇALVES, do PTB do Rio de Janeiro, afirmou que saúde pública sempre foi prioridade em seu trabalho parlamentar e considera que o setor se encontra em estado caótico.
LOC- A CPMF foi instituída com a alegação de que os recursos seriam destinados à saúde, mas os dezoito bilhões de reais arrecadados, anualmente, estão sendo utilizados para pagar os juros das dívidas, acusou FERNANDO GONÇALVES.
LOC- O governo coloca o setor de saúde em segundo plano, prejudicando principalmente a população mais pobre, lamentou FERNANDO GONÇALVES. Os parlamentares vêm tentando reverter a situação.
TEC- SONORA (26”) - Fernando Gonçalves: “Na lei de diretrizes orçamentárias para o ano que vem, o Congresso Nacional acrescentou um bilhão e meio de reais para ser gasto em saúde em 2003. Já é um avanço, graças à luta dos parlamentares que defendem o setor no legislativo. Tenho a satisfação de estar entre esse grupo de deputados e senadores que formam a chamada bancada em defesa de melhores serviços de saúde à população brasileira.”
LOC- Já RICARDO RIQUE, do PSDB da Paraíba, considera que houve melhoras durante a gestão de José Serra no ministério da Saúde, apesar das dificuldades enfrentadas pelo setor.
LOC- Segundo RICARDO RIQUE, o ex-ministro fez grandes investimentos na região nordeste, onde os índices de pobreza e a demanda dos serviços de saúde são maiores.
LOC- RICARDO RIQUE afirmou que José Serra não levou em consideração questões partidárias, mas se preocupou somente com o bem-estar da população. O deputado destaca ainda as ações do ministério da saúde na Paraíba.
TEC- SONORA (44”) – “Nós tínhamos dois grandes centros na Paraíba. Nós tínhamos Campina Grande e João Pessoa. E Campina Grande e João Pessoa agregava todos aqueles doentes que tinham no interior, vinham para Campina e João Pessoa. O ministro criou os consórcios. O que é consórcio? Consórcio é pegar uma cidade pólo de cada região e pegar os hospitais e, vamos dizer, pegar esses hospitais e transformar em hospital de centro, todos equipados para prestar o mesmo serviço que o da capital prestaria, ou da cidade de Campina Grande. Então você desafogou os hospitais das cidades, o atendimento imediato às pessoas na sua região, e o índice de mortalidade caiu muito.”
TEC- VINHETA/PASSAGEM.....
LOC- Deputada defende implantação de abastecimento a gás natural na Região Norte
LOC- VANESSA GRAZZIOTIN, do PC do B amazonense, avalia que a adoção de gás natural resolveria o problema de abastecimento de energia elétrica em boa parte da região Norte.
LOC- Mas, GRAZZIOTIN reclama que o atual Governador do Amazonas impede a execução de um convênio com a Petrobrás, que viabilizaria a exploração de gás natural.
TEC- SONORA (19”) – Vanessa Grazziotin: “Seria o gasoduto de Urucu até Manaus e o outro de Urucu até Porto Velho e isso solucionaria o problema da geração de energia nos estados do Acre, Rondônia e Amazônia. Entretanto o governo do estado do Amazonas não permitiu que aquele termo de compromisso fosse viabilizado.”
LOC- VANESSA GRAZZIOTIN é favorável à substituição do óleo diesel pelo gás natural como fonte de abastecimento de energia no Amazonas.
LOC- A deputada explica que o Estado é o segundo maior produtor de gás do país e que o diesel, além de caro, polui o meio ambiente.
LOC- Segundo VANESSA GRAZZIOTIN, a mudança permitiria que o custo da geração elétrica fosse reduzido pela metade e resultaria em mais recursos para o Estado, em royalties e ICMS.
TEC- VINHETA/PASSAGEM.....
LOC- Pequenas empresas têm mais apoio
LOC- O coordenador da frente parlamentar em defesa da pequena empresa, AUGUSTO NARDES, do PPB gaúcho, avalia que o setor conseguiu resultados positivos durante o último governo.
LOC- AUGUSTO NARDES destaca como avanços do setor a ampliação do Simples, a reabertura do Refis e a aprovação do Estatuto das Pequenas e Médias Empresas, que garantiram mais tranqüilidade para os empresários e trabalhadores.
LOC- AUGUSTO NARDES afirmou que a frente parlamentar vai continuar seu trabalho.
TEC- SONORA (35”) – Augusto Nardes: “Agora, a nossa grande luta vai ser acesso ao crédito para o pequeno empresário, criar linhas de crédito conforme nós criamos para os agricultores, também para o pequeno empresário. Que ele possa buscar recursos com juros fixos de 8 a 10 por cento ao ano, para que ele possa se capitalizar e ter acesso ao crédito, e assim gerar mais empregos. E uma ampla reforma tributária, não somente para os pequenos empresários, mas para todos os empresários brasileiros, para diminuir a burocracia que vivemos no Brasil.”
TEC- VINHETA/EFEITO.....
LOC- ENI VOLTOLINI, do PPB de Santa Catarina, defendeu projeto de sua autoria que institui o Banco do Saber, com o objetivo de facilitar o intercâmbio de conhecimentos de profissionais aposentados com as micro e pequenas empresas.
TEC – SONORA (54”) – Eni Voltolini: “O proprietário de uma pequena, uma micro empresa possa usar como um consultor alguém que tenha essa condição, uma condição de aposentado experiente e com toda certeza essa grande quantidade de hoje de pequenas e micro empresas que a estatística diz que cerca de 80 % de todas as pequenas e micro empresas fecham os seus negócios antes de dois anos de vida, então é toda uma vida de alguém que se preparou pra isso colocou sua economias e de repente perdeu tudo, não vamos mais permitir isso, vamos permitir, pelo contrário que a gente possa ter mais e mais negócios, mais e mais empregos e renda e a facilitação para a aproximação do jovem empresário com o idoso, o aposentado me parece ser a fórmula correta que o Brasil precisa experimentar.”
LOC- ENI VOLTOLINI acredita que com a aprovação do projeto será possível diminuir o número de falências de pequenas e micro empresas, que atualmente chega a 80 por cento.
TEC- VINHETA/PASSAGEM....
LOC- Deputado aponta falta de debate sobre Educação na campanha
LOC- OSVALDO BIOLCHI, do PMDB gaúcho, estranha que os candidatos à presidência da República não estejam discutindo e apresentando propostas para a educação.
LOC- Na opinião de BIOLCHI, para haver progresso é necessário investir em Educação. Ele pretende que a Frente Parlamentar do Crédito Educativo se encontre com os candidatos para cobrar um compromisso com a melhora do ensino superior.
TEC- SONORA (23”) – Osvaldo Biolchi: “E nós da Frente Parlamentar do Crédito Educativo queremos, especialmente no segundo turno, dos dois candidatos que chegarem lá, sentar com eles, e tomar um compromisso por escrito de que irão atender, sobremaneira, o ensino superior no país que hoje o acesso à universidade é somente para os ricos. Nós queremos chegar um dia no país que nenhum estudante brasileiro será excluído da universidade por não ter nascido rico.”
TEC- VINHETA/PASSAGEM....
LOC- Projeto resguarda direito do consumidor em caso de recall
LOC- LUIZ RIBEIRO, do PSDB fluminense, apresentou projeto que acrescenta dispositivo ao Código de Defesa do Consumidor para definir o procedimento das montadoras de automóveis, para a realização de recall.
LOC- O recall ocorre quando as montadoras convocam os consumidores para troca ou correção de algum dispositivo do veículo em que foi encontrado defeito.
LOC- LUIZ RIBEIRO está preocupado com as denúncias sobre o chamado recall branco, em que as montadoras estariam trocando peças de veículos sem o conhecimento dos compradores.
TEC- SONORA (36”) – Luiz Ribeiro: “Objetivamos, numa lei extensa, definir alguns pontos importantes como o quê é, definir o que é recall, na realidade hoje não existe uma definição específica, para quê o recall nós sabemos, agora o que é? Quando que a montadora, por exemplo, tem que chamar todos os carros envolvidos daquele lote de fabricação? Hoje, por exemplo também, existe as necessidade por lei que as montadoras chamem determinada quantidade de veículos produzidos daquele lote da peça defeituosa. Por exemplo: eles podem chamar e aparecer só vinte por cento. E os outros oitenta por cento que não souberam ou não tomaram conhecimento?”
LOC- LUIZ RIBEIRO esclarece também que, pela proposta, os presidentes das montadoras poderão ser responsabilizados judicialmente pelos prejuízos que o consumidor venha a ter.
TEC- AÉCIO 5 – Perdas do FGTS (1’16”)
TEC- VINHETA/CAMARA E VOCÊ.....
LOC- A Câmara dos Deputados aprovou projeto que permitiu o pagamento, este ano, das perdas ocorridas nos depósitos do FGTS, durante a vigência dos planos Verão e Collor Um.
LOC- Segundo o presidente AÉCIO NEVES, foi mais uma medida de justiça social em que a Casa legislativa esteve empenhada.
TEC- SONORA (53”) – Aécio Neves: “Nós estamos assistindo agora, pelo país inteiro, a trabalhadores começando a receber as perdas - as suas reposições, na verdade – do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o FGTS. E daqui por diante, a cada semestre, a cada ano, novos trabalhadores se incorporarão a esses que já começaram a receber os seus direitos. Mas isso, é preciso que fique claro, só foi possível porque a Câmara dos Deputados aprovou projeto que permitia a devolução desses direitos que, há décadas, estavam, na verdade, sob a guarda ou sob o depósito do governo federal. Portanto, a partir de agora, os cidadãos de mais baixa renda, em primeiro lugar, e aquele de renda média e mais alta, em segundo lugar, receberão integralmente as suas perdas. E receberão porque a Câmara dos Deputados soube compreender a importância deste benefício”.
LOC- Termina aqui o Jornal da Câmara. Ouça agora, as notícias do Tribunal de Contas da União.
TEC- MINUTO DO TCU ( 1’16”).....
TEC- VINHETA/ENCERRAMENTO.....

Programa do Poder Legislativo com informações sobre as ações desenvolvidas na Câmara Federal e opiniões dos parlamentares

De segunda a sexta, das 19h às 20h

facebook twitter spotify podcasts apple rss

Todas as Edições