Rádio Câmara

Minuto da Economia

Empregado demitido por justa causa ao falar mal da empresa no Whatsapp

19/03/2024 - 00h00

  • Empregado demitido por justa causa ao falar mal da empresa no Whatsapp

O Tribunal Superior do Trabalho rejeitou o recurso de um trabalhador demitido por justa causa depois de falar mal da empresa na qual trabalhava pelo Whatsapp. O trabalhador tinha estabilidade como dirigente sindical, mas, segundo a Justiça, ela não barra faltas graves devidamente apuradas e que impliquem em justa causa. A empresa provou que o empregado já tinha sofrido advertências por não cumprir normas internas, avariar cargas e fazer horas extras sem autorização. Mas a principal falta foi a publicação de mensagens de Whatsapp com afrontas ao chefe imediato e à empresa, chamada de “lixo de empresa”. As mensagens foram mostradas aos colegas de trabalho. A empresa usou como provas os “prints” de telas de celular.

Apresentação – Silvia Mugnatto

Em um minuto, dicas sobre direitos do consumidor, pagamento de impostos e investimentos.

Diariamente, ao longo da programação