Rádio Câmara

Kalimba

O adeus de Sara Tavares (reprise)

O adeus de Sara Tavares (reprise)

04/02/2024 - 14h00

  • O ADEUS DE SARA TAVARES - Programa completo

  • O ADEUS DE SARA TAVARES - Bloco 1

  • O ADEUS DE SARA TAVARES - Bloco 2

  • O ADEUS DE SARA TAVARES - Bloco 3

Kalimba faz uma homenagem à cantora portuguesa de origem cabo-verdiana, Sara Tavares, falecida no dia 19 de novembro de 2023, com apenas 45 anos, após uma longa luta contra o câncer.  Nascida e criada em Portugal, Sara valorizou sua ancestralidade africana, cantando Cabo Verde em português e em crioulo.  Sua morte foi lamentada pelos chefes de Estado e por artistas dos dois países.

Nascida em 1978, Sara Tavares surgiu para a música representando Portugal no grande festival Eurovisão de 1994, com a canção Chamar a Música, quando ainda tinha 16 anos.

Gravou quatro álbuns, e fez parcerias com artistas de toda a lusofonia, interpretando com muito talento gêneros da música da África e do pop.  Teve diversas nomeações para o Grammy Latino, na categoria Melhor Álbum de Raiz.

Diagnosticada com um tumor no cérebro em 2007, passou por várias cirurgias e teve que interromper sua carreira após o lançamento do álbum Xinti, de 2009.  Passou por exercícios de reabilitação para reaprender a andar e a cantar.

Seu último álbum, Fitxadu, saiu em 2017.  Em setembro deste ano lançou um single com a canção Kurtidu, como despedida de seus fãs, após 30 anos de carreira.


 

Kalimba completou seis anos no ar pela Rádio Câmara FM 96,9  levando aos ouvintes de Brasília, de todo o Brasil e também da África e do mundo inteiro, pela internet, a música da África contemporânea.


Texto e apresentação:    Daniel do Amaral

Trabalhos técnicos:     Marinho Magalhães

Uma grande viagem pela música da África, o continente dos sons. Kalimba mostra a evolução da música dos países africanos e apresenta a diversidade étnica e regional do continente, a partir de seus diversos estilos: a música tradicional, a música urbana, religiosa, instrumental, eletrônica, etc.

Domingo, às 14h, e segunda, à 0h.