Rádio Câmara

Samba da Minha Terra

Alcione: maranhense impregnada de samba

Alcione: maranhense impregnada de samba

26/11/2023 - 12h00

  • Alcione: maranhense impregnada de samba - versão em bloco único

  • Alcione: maranhense impregnada de samba - Bloco 1

  • Alcione: maranhense impregnada de samba - Bloco 2

Aniversariante de novembro (21/11), a maranhense Alcione vai desfilar seus batuques no Samba da Minha Terra. O quadro “papo de samba” relembra a carreira, iniciada na banda do pai, em São Luís; o respeito a toada de boi, reggae e tambor de crioula, ritmos tradicionais de seu estado; a veia de compositora; e a mudança para o Rio de Janeiro, nos anos 70. Em terras cariocas, “Marrom” abraçou o verde e rosa da Mangueira, que a homenageará como enredo no carnaval de 2024: “A negra voz do amanhã”. A “poesia do samba” lembra que a voz de Alcione mereceu até orquestração especial do maestro francês Paul Mauriat.

MÚSICAS

Eu sou a Marrom (Roberto Corrêa e Sylvio Son), com Alcione
Juízo final (Nelson Cavaquinho e Elcio Soares), com Alcione
Gostoso veneno (Nei Lopes e Wilson Moreira), com Alcione
Brasil de Oliveira da Silva do Samba (Paulo César Feital e Altair Veloso), com Alcione
Maranhão, meu tesouro, meu torrão (Humberto de Maracanã), com Alcione
Jamaica a São Luís (Gerude), com Alcione
Tambor de Crioula (Cleto Junior e Oberdan Oliveira), com Alcione
Rio antigo (Chico Anysio e Nonato Buzar), com Alcione
Sufoco (Chico da Silva e Antônio José), com Alcione
Um ser de luz (Paulo César Pinheiro, João Nogueira e Mauro Duarte), com Alcione
Não deixe o samba morrer (Aloísio Silva e Edson Conceição), com Alcione e Cássia Eller
Sabiá marrom (Paul Mauriat, Gueraut Delanoe, Totonho e Paulinho Resende), com Alcione
A negra voz do amanhã (Lequinho, Junior Fionda, Gabriel Machado, Fadico, Guilherme Sá e Paulinho Bandolim), com Mangueira 2024
Primo do jazz (Nei Lopes e Magnu Souza), com Alcione
Meu ébano (Nenéo e Paulinho Rezende), com Alcione

TRECHOS
As rosas não falam (Cartola), com Alcione
Mangueira, estação primeira (Paulo César Pinheiro e Mauro Duarte), com Alcione
Amor em tom menor (Nilton Barros e Alcione), com Alcione
Academia do Salgueiro (Paulo César Pinheiro e Mauro Duarte), com Alcione
Marrom, a cor do Brasil (Gambazinho e Lula Barbudo), com Independentes de Cordovil 1989
A voz marrom que não deixa o samba morrer (Aloisio Silva, Edson Gomes da Conceição, Guilherme Henrique Silva Cruz, Luciano Emanuel Rosa, Nestor Cirino da Silva, Rafael Falanga, Rodrigo Silva da Cunha Alves, Rogério Domingos Guimarães, Vitor Gabriel Chaves Romão e Wellington Kirmeliene), com Mocidade Alegre 2018
Verde e rosa (Silvio César), com Alcione

Sonoplastia - Tony Ribeiro
Apresentação e pesquisa - José Carlos Oliveira

Acompanhe a riqueza poética e melódica do ritmo mais popular do Brasil. Quadros especiais destacam as letras mais requintadas, inovadoras ou significativas, as entrevistas históricas e os espaços dedicados ao samba em todo o país.

Domingo, às 12h, e quinta, à 0h

TODAS AS EDIÇÕES