Rádio Câmara

Kalimba

Maurice Kirya e o soul de Uganda - REPRISE

Maurice Kirya e o soul de Uganda -  REPRISE

14/08/2022 - 14h00

  • Maurice Kirya e o soul de Uganda - BLOCO ÚNICO

  • Maurice Kirya e o soul de Uganda - BLOCO 1

  • Maurice Kirya e o soul de Uganda - BLOCO 2

  • Maurice Kirya e o soul de Uganda - BLOCO 3

  • Maurice Kirya e o soul de Uganda - BLOCO 4

A viagem musical desta edição chega a Uganda. Lá nós descobrimos um jovem artista que reúne a música de seu país com o afropop e o soul, e encanta seu público, muitas vezes, apenas com voz e violão.
Estamos falando de Maurice Kirya. Ele nasceu em 1984 na capital Kampala, numa família de cinco irmãos. Dois deles seguiram o caminho da música com o estilo dancehall, muito popular na periferia. Maurice preferiu aprender a tocar violão em um velho instrumento e adotar um estilo mais suave. Antes de investir na música, ele chegou a atuar no cinema como figurante no filme O último rei da Escócia, estrelado por Forrest Whitaker.
Em 2010 Maurice Kirya lançou seu primeiro álbum, com o nome Misubbaawa, e o reconhecimento veio no mesmo ano, com o prêmio Revelação RFI, da Radio France Internacional. Com cinco álbuns gravados, Maurice Kirya define seu estilo com uma palavra luganda: Mwooyo (alma), sinônimo do inglês Soul. Ele ainda não tem a mesma projeção internacional de outros artistas africanos mas é, sem dúvida, um talento reconhecido em toda a África.
Além de artista, Maurice Kirya é também empreendedor na área de eventos e um militante ambientalista. Também apoia o trabalho do Alto Comissariado da ONU para refugiados em Uganda, um fenômeno decorrente dos inúmeros conflitos na região.

Apresentação:          Daniel do Amaral
Trabalhos técnicos: Marinho Magalhães

Uma grande viagem pela música da África, o continente dos sons. Kalimba mostra a evolução da música dos países africanos e apresenta a diversidade étnica e regional do continente, a partir de seus diversos estilos: a música tradicional, a música urbana, religiosa, instrumental, eletrônica, etc.

Domingo, às 14h e segunda à 0h