Saúde

Congresso ganha iluminação laranja em apoio ao Dia Nacional de Conscientização sobre a Esclerose Múltipla

29/08/2022 - 09:21  

Senado Federal
Brasília - Congresso - Prédio iluminado de laranja para lembrar conscientização sobre esclerose múltipla
Congresso iluminado na cor laranja

O prédio do Congresso Nacional utilizará iluminação especial na cor laranja até a quarta-feira (31), para apoiar o Dia Nacional de Conscientização sobre a Esclerose Múltipla. A data, celebrada em 30 de agosto, foi instituída pela Lei 11303/06 com o objetivo de dar maior visibilidade à doença, informar a população e alertar para a importância do diagnóstico precoce e tratamento adequado da enfermidade, que atinge cerca de 40 mil brasileiros. A iluminação será feita a pedido do Senado Federal.

A esclerose múltipla (EM) é uma doença neurológica não contagiosa, crônica e autoimune (as próprias células de defesa do organismo o atacam). Por motivos genéticos ou ambientais, o sistema imunológico começa a agredir a camada de gordura que envolve as fibras nervosas do cérebro e medula espinhal, comprometendo a função do sistema nervoso e causando sua deterioração.

Sintomas
Os sintomas mais comuns da EM são fadiga, distúrbios visuais, rigidez, fraqueza muscular, desequilíbrio, alterações sensoriais, dor, disfunção da bexiga e/ou do intestino, disfunção sexual, dificuldade para articular a fala, dificuldade para engolir, alterações emocionais e cognitivas.

Tratamento
Embora ainda não exista cura nem prevenção para a EM, há tratamentos medicamentosos prescritos por neurologistas que buscam reduzir a atividade inflamatória e a ocorrência dos surtos, melhorando a qualidade de vida do paciente. Medidas paliativas, como prática de exercícios, fisioterapia e repouso nas crises agudas são recomendadas.

Iluminação
Uma das entidades que solicitaram a iluminação laranja foi a Amigos Múltiplos pela Esclerose (AME), que desde 2012, tem como principal lema reunir pessoas e instituições relacionadas à causa, difundir o conhecimento sobre a esclerose múltipla e contribuir para o diagnóstico precoce.

Da Assessoria de Imprensa da Câmara dos Deputados
Edição - RL

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.