Direitos Humanos

Projeto assegura compra remota de ingressos por pessoa com deficiência

Proposta já foi aprovada pelo Senado

25/02/2022 - 13:56  

Depositphotos
Um homen cadeirante entra num carro adaptado
Dificuldade de locomoção prejudica direito ao gozo da cultura

O Projeto de Lei 3807/19, do Senado, estabelece que pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e os acompanhantes poderão ser dispensados de ir a pontos de venda para comprar ingressos para eventos culturais e esportivos.

O texto agora em análise na Câmara dos Deputados insere a venda remota de ingressos, pela internet ou por telefone, no Estatuto da Pessoa com Deficiência.

“Não raro, o direito ao gozo da cultura fica prejudicado em razão da dificuldade no acesso aos ingressos de um dado evento, já que em muitos casos a pessoa com mobilidade reduzida não pode se deslocar previamente até as bilheterias físicas”, afirmou a autora da proposta, senadora Daniella Ribeiro (PP-PB).

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Defesa do Consumidor; de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem – Ralph Machado
Edição – Ana Chalub
Com informações da Agência Senado

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 3807/2019

Íntegra da proposta