Educação, cultura e esportes

Comissão discute desenvolvimento da pesca esportiva no Amapá

15/12/2021 - 08:18  

Luís Gustavo/Incra Oeste do Pará
Agropecuária - geral - conservação preservação ambiental produção agrícola pesca pescador subsistência Incra reforma agrária peixes alimentação rural (reserva extrativista Renascer, Prainha-PA)
Atividade tem impulsionado o turismo sustentável pelo Brasil

A Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados promove audiência pública nesta quarta-feira (15) para discutir o desenvolvimento da pesca esportiva no Amapá.

O debate é uma iniciativa do deputado André Abdon (PP-AP). Ele explica que a atividade, também como conhecida como “pesca de lazer” ou “pesca desportiva”, é praticada no mar, em rios, lagos ou criatórios comerciais, utilizando-se apenas vara de pesca, molinetes ou carretilhas, linha de pesca, anzol e iscas naturais ou artificiais.

O objetivo é fisgar o peixe, não para consumo ou comércio, mas pelo prazer de pescar. Por isso, os animais são devolvidos vivos à natureza. Geralmente, os pescadores pesam, medem e fotografam o peixe antes de devolvê-lo à água.

O parlamentar acrescenta que o Brasil possui grande potencial para a expansão da atividade, devido à grande variedade de peixes, à vasta extensão costeira e à amplitude da rede hidrográfica.

Segundo Abdon, o Amapá é referência no turismo sustentável no País e tem investido em projetos – públicos e privados – de popularização da pesca esportiva para atrair mais visitantes. “Isso beneficia direta e indiretamente comunidades, distritos e cidades do estado”, diz.

Foram convidados para debater o assunto:
- a secretária de Turismo do Amapá, Rosa Abdon;
- a chefe de gabinete da Secretaria de Turismo do Amapá, Andreza Ferreira Miranda;
- o empresário William Rocha; e
- o coordenador-geral das Rotas Amazônicas Integradas (RAI), Bruno Dantas Muniz de Brito.

A reunião será realizada no plenário 9, às 15 horas.

Da Redação - MO

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.