Saúde

Comissão debate cobertura do uso de medicamento oral e domiciliar contra o câncer

12/08/2021 - 09:01  

filmfoto/DepositPhotos
Saúde - remédios - anticoncepcional controle natalidade planejamento familiar
Projeto dava 48 horas para plano fornencer medicamento ao paciente

A Comissão Especial do Combate ao Câncer promove reunião técnica nesta quinta-feira (12) para debater o veto ao Projeto de Lei 6330/19, que obriga os planos de saúde a cobrirem os gastos com medicamentos de uso domiciliar e oral contra o câncer.

O projeto foi aprovado pela Câmara no mês passado, mas o presidente Jair Bolsonaro vetou a proposta porque, segundo ele, a obrigação “comprometeria a sustentabilidade do mercado” ao privilegiar pacientes com câncer que necessitem de tratamento domiciliar com medicamento oral.

Foram convidados para o debate:

  • o presidente da Aliança Pesquisa Clínica Brasil, Fabio Franke;
  • o presidente do Instituto Vencer o Câncer, Fernando Maluf;
  • o presidente da Sociedade Brasileira de Cancerologia, Ricardo Antunes;
  • o representante da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia Eduardo Froes;
  • a presidente do Instituto Oncoguia, Luciana Holtz; e
  • a presidente do Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL), Marlene Oliveira.

O evento será realizado às 14 horas, no plenário 5.

Da Redação - AC

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.