Educação, cultura e esportes

Deputados aprovam urgência para votar suspensão de pagamentos do Fies

O Fies financia o curso superior de estudantes em faculdades particulares; a dívida é paga depois da conclusão do curso

24/06/2021 - 12:48  

Jaelson Lucas/Agência de Notícias do Paraná
Alunos estão sentados em carteiras num auditório ouvindo uma aula
Congresso já havia aprovado a suspensão dos pagamentos até o fim de 2020

O Plenário aprovou nesta quinta-feira (24)  regime de urgência para o Projeto de Lei 68/21, da deputada Shéridan (PSDB-RR), que dispensa os estudantes beneficiários do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do pagamento das prestações até o fim de 2021.

A urgência foi defendida pela deputada Erika Kokay (PT-DF). "O Fies já teve 700 mil alunos atendidos, agora são por volta de 93 mil. O Fies abriu as portas das universidades, possibilitando que filhos de trabalhadores cheguem à universidade."

O projeto tramita apensado ao PL 5510/20, que trata do mesmo assunto.

Reportagem - Francisco Brandão
Edição - Cláudia Lemos

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta