Saúde

Projeto inclui trabalhadores de supermercados nas prioridades para vacinação contra a Covid-19

Autor da proposta cita estudo que aponta que esses trabalhadores apresentam, em média, 53% de risco de serem infectados

04/06/2021 - 12:13  

Reprodução/FacebookDeputado Beto Rosado
Beto Rosado: prioridade para profissionais que enfrentam risco elevado

O Projeto de Lei 2027/21 inclui trabalhadores de hipermercados, supermercados, minimercados e mercearias como grupo prioritário para a vacinação contra a Covid-19. O projeto, que tramita na Câmara dos Deputados, altera a Lei 14.124/21, que autoriza estados, municípios e o setor privado a comprarem vacinas contra a doença.

Autor a proposta, o deputado Beto Rosado (PP-RN) ressalta que os funcionários de supermercados, por atuarem em atividade considerada essencial durante a pandemia de Covid-19, continuaram exercendo suas atividades normalmente. “Essas pessoas se expõem diariamente ao contato com muitos clientes”, observou. “Nossa intenção é fazer com que esses profissionais, que enfrentam risco elevado de contaminação, tenham prioridade na imunização”, completou.

Rosado cita uma pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) que mapeou os riscos de contaminação pelo novo coronavírus de vendedores varejistas, operadores de caixas, entre outros profissionais do comércio. Segundo o estudo, esse grupo de trabalhadores apresenta, em média, 53% de risco de serem infectados pelo vírus causador da Covid-19.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem - Murilo Souza
Edição - Marcia Becker

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta