Educação, cultura e esportes

Projeto proíbe nova isenção de taxa para aluno que faltou em processo seletivo sem justificativa

Regra será válida no caso de seleção para instituições federais

12/05/2021 - 14:16  

Gustavo Sales/Câmara dos Deputados
Dep. Major Fabiana (PSL - RJ)
Major Fabiana: não é razoável beneficiar quem se ausentou sem explicação

O Projeto de Lei 663/21 proíbe nova isenção da taxa de inscrição em processo seletivo para instituições federais de ensino superior para aquele que, tendo direito ao benefício, faltou a exame anterior e não apresentou justificativa.

A proposta em tramitação na Câmara dos Deputados insere dispositivos na Lei 12.799/13. Essa norma atualmente prevê a isenção total das taxas à pessoa que comprovar, cumulativamente, renda familiar per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo (R$ 1.650, em valores de 2021) e ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou como bolsista integral em escola particular.

“Não parece razoável que se permita que àqueles que se ausentaram do exame sem a devida justificação sejam beneficiados pela isenção de taxas em novas inscrições”, disse a autora do projeto, deputada Major Fabiana (PSL-RJ).

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Educação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Ralph Machado
Edição – Cláudia Lemos

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta