Meio ambiente e energia

Comissão ouve delegado sobre notícia-crime contra ministro do Meio Ambiente

Alexandre Saraiva também deve prestar esclarecimentos sobre sua substituição na Superintendência da PF no Amazonas

26/04/2021 - 08:31  

Polícia Federal
Policial e militares inspecionam pilhas de toras de madeira apreendidas
Operação Handroanthus apreendeu madeira ilegal no Amazonas

A Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados ouve nesta segunda-feira (26) o delegado da Polícia Federal (PF) Alexandre Saraiva, em reunião que contará com a participação da Comissão de Direitos Humanos e Minorias. Saraiva vai prestar esclarecimentos sobre a notícia-crime apresentada contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, ao Supremo Tribunal Federal (STF), e sobre sua saída do cargo de superintendente regional da PF no Amazonas.

O depoimento foi solicitado pelos deputados do PT Joseildo Ramos (BA) e Paulo Teixeira (SP). No requerimento (REQ 15/21), eles relatam que a direção da Polícia Federal substituiu Saraiva em 15 de abril, um dia depois de ele ter feito um pedido de investigação contra Ricardo Salles ao Supremo.

Ainda segundo o requerimento, a notícia-crime apresentada ao STF dá conta de suposta atuação de Salles para obstruir a investigação que resultou na apreensão de madeira ilegal, como parte da Operação Handroanthus GLO. O ministro teria praticado três delitos: dificultar a ação fiscalizadora do poder público no meio ambiente; exercer advocacia administrativa; e integrar organização criminosa.

A audiência pública acontece no plenário 2, a partir das 16 horas, com possibilidade de participação pela internet.

Da Redação - CL

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.