Agropecuária

Sérgio Souza é o novo presidente da Frente Agropecuária

02/02/2021 - 14:58  

Reprodução/YouTube
Deputado Sérgio Souza está em pé falando ao microfone
Souza: “A vocação do Brasil é agro e a nossa missão como parlamentares é defender o setor que nós representamos”

O novo presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária tomou posse hoje. O deputado Sérgio Souza (MDB-PR) substitui o deputado Alceu Moreira (MDB-RS) e estará à frente do grupo até o fim de 2022. A vice-presidência do colegiado será exercida pelo senador Zequinha Marinho (PSC-PA).

“A missão da frente é proteger o setor que tanto gera empregos, renda, impostos e responde por 50%, de forma direta e indireta, do PIB desse País”, disse Sérgio Souza.

Eleito em dezembro do ano passado, o novo presidente também listou pautas prioritárias da frente, entre elas, a regularização fundiária, o licenciamento ambiental e a regulamentação do uso de defensivos agrícolas.

“[A regularização fundiária] vai dar título a quem tem direito, mas trará responsabilidade a quem tiver o título, no que diz respeito à utilização do solo de maneira ilegal”, defendeu o parlamentar. A regularização, segundo Souza, também permitirá identificar quem de fato desmata ilegalmente no Brasil.

O deputado também criticou os custos do licenciamento ambiental no País que, segundo ele, consumiu 25% dos recursos gastos na construção da usina de Belo Monte.

Antes de passar o cargo ao novo presidente, Alceu Moreira agradeceu aos presentes e ressaltou o desempenho do setor agropecuário brasileiro. “[Nós] tocamos essa roda dentada chamada Brasil e é da nossa força que esse povo depende.”

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, que também já presidiu a Frente da Agropecuária (2018), destacou a importância do colegiado. “Nós estamos juntos para um novo momento para que as pautas do agro possam caminhar. Acho que é isso que os produtores e brasileiros esperam de nós.”

Grupo suprapartidário
Frente parlamentar é uma associação de deputados de vários partidos para debater um assunto determinado. Para ser criada, a frente deve registrar um requerimento com o apoio de pelo menos 1/3 de membros do Poder Legislativo.

A Frente da Agropecuária é integrada por 241 deputados e 39 senadores.

Da Redação - ND

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.