Meio ambiente e energia

Comissão externa discute indenização para desastre em Brumadinho com secretário de Minas

21/12/2020 - 09:06  

Divulgação/MAB
Manifestantes seguram uma faixa onde se lê: Brumadinho, 1 ano de impunidade
Governo de Minas e a Vale negociam um acordo para compensar os impactos do desastre

A comissão externa da Câmara dos Deputados que acompanha a negociação do acordo entre a Vale e o estado de Minas Gerais sobre o desastre de Brumadinho tem duas reuniões virtuais agendadas para esta tarde.

Às 13 horas, os deputados recebem o secretário de Planejamento de Minas, Otto Reis. Às 15h30, será a vez do juiz do Tribunal de Justiça de Minas Gerais Newton Teixeira.

Histórico
No dia 25 de janeiro de 2019, uma barragem de mineração da Vale em Brumadinho (MG) se rompeu deixando mais de 270 mortos. A lama de rejeitos de minério de ferro atingiu parte do centro administrativo da empresa, a comunidade Córrego do Feijão e o rio Paraopeba, afluente do São Francisco.

O governo de Minas Gerais e a Vale negociam um acordo de compensações pelos impactos do desastre.

A comissão
O colegiado é coordenado pelo deputado Rogério Correia (PT-MG), que foi o relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Brumadinho.

Além de Correia, integram a comissão externa os deputados mineiros André Janones (Avante), Áurea Carolina (Psol), Gilberto Abram (Republicanos), Júlio Delgado (PSB), Padre João (PT), Patrus Ananias (PT), Vilson da Fetaemg (PSB) e Zé Vitor (PL).

Da Redação - ND

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.