Política e Administração Pública

Segundo turno em duas cidades do Rio de Janeiro depende da Justiça Eleitoral

17/11/2020 - 11:23  

A Justiça Eleitoral decidirá sobre os resultados do primeiro turno em Duque de Caxias e em Volta Redonda, no Rio de Janeiro. O resultado definirá a realização ou não do segundo turno no dia 29. Na terceira cidade onde havia disputa judicial (Campos dos Goytacazes, também no Rio), o segundo turno foi confirmado.

Em Duque de Caxias, o prefeito Washington Reis (MDB) obteve 52,55%. Para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), ele está inelegível por ter sido condenado em 2017 por crimes ambientais e de parcelamento do solo. Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em Volta Redonda, o ex-prefeito Antônio Francisco Neto (DEM) terminou com 57,20%. O registro da candidatura foi anulado por supostas irregularidades na prestação de contas de outros cargos públicos que ele ocupou. O TRE julgaria o caso dia 9, mas adiou a decisão.

Em Campos dos Goytacazes, o deputado Wladimir Garotinho (PSD), com 42,94%, obteve decisão favorável e enfrentará no segundo turno o empresário Caio Viana (PDT), que ficou com 27,71%. O deputado argumentou que o indeferimento do vice não afeta toda a chapa.

Reportagem – Ralph Machado
Edição – Wilson Silveira

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.