Economia

Projeto estabelece novo feriado em julho de 2021 por conta da pandemia de Covid-19

Objetivo é estimular os setores econômicos ligados ao turismo, que foram extremamente afetados pela crise sanitária

12/11/2020 - 17:01  

Najara Araujo/Câmara dos Deputados
85ª Reunião Técnica por Videoconferência – Acordo e Medida Provisória relativos à adesão ao Covax Facility. Dep. Dr. Luiz Antonio Teixeira Jr. (PP - RJ)
Dr. Luiz Antonio Teixeira Jr.: os feriados nacionais favorecem a geração de empregos

O Projeto de Lei 5129/20 institui feriado em todo o território nacional nos dias 5 e 6 de julho de 2021, por conta da emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus. O texto está em análise na Câmara dos Deputados.

Ainda segundo o projeto, o dia 3 de julho, um sábado, será ponto facultativo em todo o Brasil.

Autor da proposta, o deputado Dr. Luiz Antonio Teixeira Jr. (PP-RJ) argumenta que “todas as datas comemorativas e eventos festivos de 2020 tiveram suas realizações extremamente prejudicadas ou tiveram que ser cancelados ou adiados, o que afetou sobremaneira o turismo e a economia nacional”.

Para o parlamentar, os eventos e feriados nacionais “são de suma importância para a geração e manutenção dos postos de trabalho no País”. Ele acredita que, até a data proposta, já terá havido uma diminuição drástica dos casos de Covid-19 bem como o aumento de pessoas imunizadas para a doença.​

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Lara Haje
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta