Economia

Maia propõe acordo para dividir votação da MP da Liberdade Econômica

13/08/2019 - 22:02   •   Atualizado em 13/08/2019 - 19:08

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, propôs acordo para que a votação da MP da Liberdade Econômica (881/19) seja dividida. Pelo acordo, hoje será votado o mérito do texto-base, enquanto amanhã restarão os destaques. Todos serão votados pelo sistema eletrônico, sem obstrução.

A principal polêmica do texto a ser votado é o fim das restrições ao trabalho aos domingos e feriados, dispensando o pagamento em dobro do tempo trabalhado nesses dias se a folga for determinada para outro dia da semana. O trabalhador poderá trabalhar até quatro domingos seguidos.

Liberdade econômica
A medida provisória estabelece garantias para a atividade econômica de livre mercado, impõe restrições ao poder regulatório do Estado, cria direitos de liberdade econômica e regula a atuação do Fisco federal.

Mais informações a seguir

Assista ao vivo

Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.