Direitos Humanos

Rodrigo Maia diz que Câmara tem obrigação de abrir as portas para trabalhadoras rurais

13/08/2019 - 15:42  

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), enviou à sessão solene uma mensagem de homenagem à 6ª edição da Marcha das Margaridas. Segundo o texto, lido pela deputada Erika Kokay (PT-DF), a Câmara tem a obrigação de abrir as portas para as margaridas e não apenas de encaminhar suas demandas contra a fome, a pobreza e a violência.

“As margaridas brasileiras ainda enfrentam situações de grande adversidade, mais do que seus colegas homens. O índice de feminidade da pobreza rural tem aumentado na América Latina. Em 2007, para cada 100 homens rurais pobres, havia 108 mulheres na mesma situação. Em 2014, para cada 100 homens rurais pobres, havia 114 mulheres na mesma situação. Aliás, cerca de 30% das brasileiras com mais de 15 anos que vivem na área rural simplesmente não têm qualquer rendimento”, observou o presidente.

Na avaliação de Rodrigo Maia, a Marcha das Margaridas ajuda a alertar contra a lógica da desigualdade, da injustiça e da impunidade no campo.

Reportagem – Noéli Nobre
Edição – Ana Chalub

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.