Ciência, tecnologia e Comunicações

Comissão debate destinação de recursos para ciência e tecnologia e crise de universidades

07/11/2018 - 08:05  

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara debate hoje a situação econômica da área de ciência e tecnologia e a crise das universidades brasileiras. O evento atende a requerimento do deputado Celso Pansera (PT-RJ), e é subscrito pelos deputados Sandro Alex (PSD-PR) e André Figueiredo (PDT-CE).

Pansera vê como “trágicas” as perspectivas para a ciência brasileira. “Os crescentes cortes nos recursos de investimento do Ministério de Ciência e Tecnologia têm afetado todo o Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia, colocando em risco os avanços obtidos nos últimos anos”, afirma. Ele entende que o cenário para 2019 é ainda mais grave diante da perspectiva da aplicação da Emenda do Teto de Gastos (EC 95).

“Neste momento de discussão da proposta orçamentária para 2019 faz-se necessário um olhar cuidadoso para os recursos destinados à CT&I e às universidades federais se o Brasil não quiser jogar fora todas as conquistas obtidas até os dias de hoje. Conquistas estas reconhecidas em todo o mundo como a tecnologia de exploração do pré-sal e a descoberta da vacina para o zika vírus, apenas para ficar em dois exemplos recentes”, argumenta Pansera.

Foram convidados para discutir o assunto:
- o presidente da Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), Marcos Cintra;
- o presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Mário Neto Borges;
- o presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Abilio Baeta Neves;
- o presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Ildeu de Castro Moreira;
- o presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Luiz Davidovich;
- o presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Reinaldo Centoducatte;
- a presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Nísia Trindade Lima; e
- o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Sebastião Barbosa.

A reunião será realizada às 9h30, no plenário 13.

Assista ao vivo

Da Redação – RL

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.