Trabalho, Previdência e Assistência

Licença-maternidade pode ser estendida a parente

17/08/2004 - 11:49  

A pessoa que ficar com a guarda de criança cuja mãe tenha morrido nos meses seguintes ao parto poderá ter direito à licença-maternidade, se o Congresso aprovar o Projeto de Lei Complementar 59/99, da ex-deputada Nair Xavier Lobo.
A matéria tramita em regime de urgência na Câmara desde o ano passado e aguarda sua inclusão na Ordem do Dia do Plenário (período destinado às votações). Se aprovado, o projeto será encaminhado à análise dos senadores.

Amparo à criança
A autora propõe que os direitos da licença-gestante de 120 dias, de salário maternidade e de estabilidade no emprego até cinco meses após o parto, previstos na Constituição Federal, sejam estendidos à pessoa que ficar com a guarda da criança órfã. A ex-deputada argumenta que a licença-maternidade não pretende apenas proteger a saúde da mãe, mas, também, amparar o recém-nascido nos primeiros meses de vida.

Pareceres favoráveis
As comissões de Seguridade Social e Família; e de Trabalho, de Administração e Serviço Público já aprovaram o projeto. Na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, porém, foi aprovado um texto substitutivo do relator na Comissão, deputado Jaime Martins (PL-MG). Esse texto assegura apenas o direito à estabilidade no emprego. O relator explica que os outros dois direitos (licença-maternidade e salário maternidade) são disciplinados por lei ordinária, por isso, não podem ser estendidos a outros casos por meio de projeto de lei complementar.

Leia mais:
Servidora que é mãe adotiva pode ter licença maior
Plenário aprova projetos sobre direitos da mulher
Projeto propõe estabilidade à doméstica gestante

Reportagem - Eduardo Piovesan
Edição - Natalia Doederlein

(Reprodução autorizada mediante citação da Agência)

Agência Câmara
Tel. (61) 318.7423
Fax. (61) 318.2390
E-mail: agencia@camara.gov.br
A Agência utiliza material jornalístico produzido pela Rádio, Jornal e TV Câmara.

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.