Cidades e transportes

Comissão de Integração Nacional vai discutir desigualdades regionais

30/11/2016 - 08:58  

A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia promove audiência pública hoje para discutir o uso do território e as desigualdades regionais no Brasil, intitulado: “Reflexões sobre o futuro em uma perspectiva Miltoniana”. Foi convidada para o debate a professora titular aposentada da Universidade de São Paulo (USP) Maria Adélia Aparecida de Souza.

O deputado Edmilson Rodrigues (Psol-PA) ressalta que a professora continua a trabalhar no Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana e tem experiência na área de Planejamento Urbano e Regional, com ênfase em Teoria e Práticas do Planejamento Urbano e Regional, atuando principalmente nos temas: planejamento e desenvolvimento urbano, globalização, metropolização e epistemologia da Geografia.

O deputado lembra que o dia 24 de junho de 2016 marcará quinze anos do falecimento do geógrafo brasileiro Milton Santos, assim como o ano de 2016 marca 90 anos de seu nascimento. Graduado em Direito, Milton destacou-se por seus trabalhos em diversas áreas da geografia, em especial nos estudos de urbanização do Terceiro Mundo. “Foi um dos grandes nomes da renovação da geografia no Brasil ocorrida na década de 1970. Também se destacou por seus trabalhos sobre a globalização nos anos 1990. A obra de Milton Santos caracterizou-se por apresentar um posicionamento crítico ao sistema capitalista, e seus pressupostos teóricos dominantes na geografia de seu tempo.”

Em 1994, Milton ganhou o prêmio Vautrin Lud, e por ser esse o prêmio de maior prestígio na área, é considerado o Nobel da geografia. Milton foi o primeiro e único geógrafo da América Latina a ter recebido esse prêmio. “A professora Maria Adélia é considerada referência no estudo da obra do professor Milton Santos. Entendemos que o debate qualificado academicamente sobre o uso do território e desigualdades regionais dialoga diretamente com a temática da presente comissão.”

A reunião será realizada a partir das 10 horas, no plenário 15.

Da Redação – RCA

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.