Relações exteriores

CCJ aprova acordo internacional sobre conservação do Aquífero Guarani

24/08/2016 - 16:40  

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou o texto do Acordo sobre o Aquífero Guarani, firmado em San Juan, Argentina, em 2 de agosto de 2010. O tratado internacional tramita na forma do Projeto de Decreto Legislativo 262/15.

O acordo tem o objetivo de articular ações entre Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai para a conservação e o aproveitamento sustentável dos recursos hídricos que compõem o Sistema Aquífero Guarani, o maior manancial de água doce subterrânea transfronteiriço do mundo, localizado entre os quatro países.

Pelo texto, Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai deverão trocar informações referentes ao aproveitamento sustentável do aquífero, atividades e obras que possam ter efeitos na região e suas fronteiras. O domínio territorial soberano de cada nação deverá ser respeitado.

O relator, deputado Chico Alencar (Psol-RJ), votou a favor do acordo. A CCJ analisou aspectos constitucionais e legais do acordo internacional. Alencar concluiu que o texto respeita as normas legais e tem boa técnica legislativa. 

Tramitação
A proposta, que já foi aprovada pela Comissão de Minas e Energia, ainda será analisada pelo Plenário da Câmara.

Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Marcelo Oliveira

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PDC 262/2015

Íntegra da proposta