Meio ambiente e energia

Frente Parlamentar Ambientalista adere à mobilização Saneamento Já

02/03/2016 - 15:54  

A Frente Parlamentar Ambientalista aderiu à mobilização "Saneamento Já", que recolhe pela internet assinaturas pela universalização do saneamento no País, com obras para despoluir “rios mortos”, como o Tietê, em São Paulo, e o rio das Velhas, em Minas Gerais, e para a descontaminação das praias.

Alex Ferreira / Câmara dos Deputados
Audiência pública para tomada de depoimentos. Dep. Sarney Filho (PV-MA)
Sarney Filho, coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista: é preciso fortalecer as políticas públicas do setor e reforçar o consumo responsável em todo o Brasil 

O apoio da frente parlamentar foi anunciado nesta quarta-feira (2), em um café da manhã na Câmara dos Deputados, realizado em antecipação ao Dia Mundial da Água, 22 de março.

A mobilização "Saneamento Já" está incorporada à Campanha da Fraternidade, que, neste ano, traz o tema "Casa Comum, nossa Responsabilidade", com foco no saneamento básico, no desenvolvimento, na saúde integral e na qualidade de vida.

Para o coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista, deputado Sarney Filho (PV-MA), é preciso fortalecer as políticas públicas do setor e reforçar o consumo responsável em todo o Brasil.

Ele alerta sobre a importância do saneamento no combate a doenças, especialmente em populações mais vulneráveis economicamente. "Quero apontar a minha preocupação, a nossa preocupação: Nós precisamos fortalecer as comunidades, direta e indiretamente atingidas, como o principal alvo dessas preocupações".

Ações legislativas
O presidente da Subcomissão Especial destinada à Universalização do Saneamento Básico e do Uso Racional da água, deputado João Paulo Papa (PSDB-SP), entregou a Sarney Filho um documento com 20 recomendações de ações legislativas para ajudar na universalização do saneamento.

Uma delas põe em pauta a desorganização institucional no setor. "Hoje, sete ministérios cuidam do tema, e quando se tem sete ministérios pra cuidar do seu assunto, dificilmente terá o resultado que todos nós esperamos”, observa Papa.

“Então a primeira recomendação apresentada foi uma reorganização institucional a partir do governo federal para se ter uma lógica um bom planejamento e de fato prioridade", acrescentou o parlamentar.

A vice-presidente da organização não governamental SOS Mata Atlântida, Malu Ribeiro, enfatiza que esta deve ser uma causa de todos os brasileiros. "Assumam esse abaixo assinado como uma sinalização de que nós queremos mudar essa realidade do Brasil. De que os rios do jeito que estão são espelhos do nosso comportamento. Se nossos rios estão doentes, fedidos e sujos é porque nosso comportamento está antiético e irresponsável."

Para saber mais sobre a mobilização "Saneamento Já" e a Campanha da Fraternidade deste ano, você pode entrar na página da SOS Mata Atlântica na internet: www.sosma.org.br.

Reportagem - Tissyane Scott
Edição - Newton Araújo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.