Política e Administração Pública

Presidente da Câmara diz que não vai acelerar análise de pedidos de impeachment

08/09/2015 - 19:17  

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, disse nesta tarde que não cederá à pressão para acelerar a análise dos pedidos de impeachment na Câmara. “Vou começar a decidir os pedidos que estão aí pela ordem que entraram. Estou lendo e alguma coisa vou decidir já. Mas vou decidir no meu tempo, não no tempo da pressão, mas no tempo da efetividade do que posso fazer.”

A declaração foi dada após os partidos de oposição anunciarem que vão lançar nesta semana um movimento pró-impeachment.

Reportagem - Tiago Miranda
Edição - Regina Céli Assumpção

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.