Educação, cultura e esportes

Começa audiência sobre cortes orçamentários na Educação

05/05/2015 - 15:20  

Começou há pouco audiência pública na Comissão de Educação para discutir o futuro de programas como o de Financiamento Estudantil (Fies) após o anúncio de corte orçamentário no Ministério da Educação (MEC). Parlamentares do colegiado argumentam que a queda de recursos vai de encontro ao Plano Nacional da Educação (PNE), cuja meta é investir 10% do PIB na área.

A iniciativa para o debate realizado pela Comissão de Educação partiu de 12 deputados do PSDB. Na justificativa, eles apontam um paradoxo entre o lema do governo federal - pátria educadora - e o fato de a Educação ter sido a área mais atingida pelos cortes orçamentários anunciados no início do ano.

“Todos os dados apontam para a necessidade do incremento do investimento e da gestão na Educação brasileira, principalmente na educação básica. A realidade mostra que o governo está retirando dinheiro da educação, uma atitude impertinente para quem quer alcançar níveis de desenvolvimento educacional minimamente aceitáveis”, diz o requerimento.

Participam da audiência o secretário-executivo adjunto do MEC, Wagner Vilas Boas de Souza; o diretor de programas do Tesouro Nacional, Paulo José dos Reis Souza; e o secretário-adjunto de Orçamento do Ministério do Planejamento, Cilair Rodrigues de Abreu.

Mais informações a seguir.

Reportagem - Emanuelle Brasil
Edição - Daniella Cronemberger

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.