Educação, cultura e esportes

Cunha se compromete a melhorar MP do Futebol, considerada intervencionista

28/04/2015 - 20:18  

Zeca Ribeiro
Cunha se reúne com parlamentares e CBF para discutir Medida Provisória de reestruturação do futebol
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, discutiu a MP 671/15 com a diretoria da CBF e deputados da Comissão do Esporte.

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, afirmou que vai trabalhar para melhorar a Medida Provisória 671/15, que trata da reestruturação dos clubes de futebol. A MP sofre resistência dos clubes e dos parlamentares, que consideram a medida intervencionista.

A declaração foi feita durante reunião, nesta terça-feira (28), entre Cunha, dirigentes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e deputados da Comissão do Esporte. Hoje, a comissão mista que analisa a MP definiu seu roteiro de trabalho.

Entre as críticas apresentadas ao presidente da Câmara e que serão levadas ao relator da MP na comissão especial, deputado Otávio Leite (PSDB-RJ), os deputados apontam a obrigatoriedade de conta única para os clubes, inclusive para a movimentação de todos os contratos.

Ouvir os clubes
A MP vai substituir o Proforte, proposta anterior do governo de reestruturação dos clubes de futebol. “Conte com a gente para fazer o que for melhor e possível pelo futebol brasileiro”, disse Cunha. “Vamos ouvir os clubes. Se estamos propondo medida para salvar o futebol, eles precisam ser ouvidos e se manifestarem”.

“Os clubes exercem importante papel social e para a economia do País. Geram empregos, lazer e fazem parte da nossa cultura. Temos de enfrentar o problema de forma concreta", acrescentou o presidente da Câmara.

Cunha também defendeu rigor e punição “exemplar” para dirigentes que cometerem irregularidades no comando do futebol. “Ser conta a MP não significa ser contrário à moralização do futebol”, definiu.

O presidente da CBF, Marco Pollo Del Nero, que participou da reunião, aproveitou o encontro para apresentar a nova diretoria da confederação aos deputados.

Conheça a tramitação de medidas provisórias

Da Redação - NA

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: MPV 671/2015

Íntegra da proposta