Política e Administração Pública

STF compartilha documentos da Operação Lava Jato com a CPMI da Petrobras

Ainda não há informação se o conteúdo da delação premiada do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa faz parte dos documentos compartilhados.

10/09/2014 - 17:00  

Documentos da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, em poder do Supremo Tribunal Federal (STF) estão sendo compartilhados com a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras. A informação foi confirmada pela secretaria da comissão.

O pedido de compartilhamento partiu da cúpula da CPMI, interessada em obter os documentos da investigação sobre lavagem de dinheiro e evasão de divisas envolvendo doleiros, políticos e a Petrobras.

Ainda não há informação se o conteúdo da delação premiada do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa faz parte dos documentos compartilhados, até porque os depoimentos de Costa continuam sendo feitos na Superintendência da Polícia Federal no Paraná.

Costa vai depor na CPMI na próxima quarta-feira (17). Segundo o presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), o depoimento será a portas fechadas se o ex-diretor da Petrobras concordar em fazer novas revelações.

Segundo a revista Veja, Costa já teria citado cerca de 30 parlamentares e outras autoridades supostamente envolvidas com desvio de recursos na Petrobras.

Depoimento de hoje
A CPMI ouve neste momento o ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró. A reunião ocorre no plenário 2 da ala Nilo Coelho, no Senado.

Continue acompanhando a cobertura desta reunião.

Assista ao vivo.

Reportagem – José Carlos Oliveira
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.