Cidades e transportes

Ministério precisa de projetos consistentes para financiar expansão do BRT, diz diretora

Os BRTs são corredores exclusivos em que os ônibus andam sobre canaletas, gerando mais conforto e agilidade para os passageiros.

23/10/2013 - 21:57  

Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados
Audiência pública para debater a implantação da extensão do BRT de Santa Maria-DF para os Municípios do Entorno Sul do Distrito Federal. Diretora do Departamento de Regulação e Gestão da Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, Isabel Sales de Melo Lins
Isabel Sales: recursos existem, mas o ministério só vai financiar projetos consistentes para que não haja problemas com o Ministério Público.

A diretora do departamento de regulação e gestão da secretaria nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, Isabel Sales de Melo Lins, assinalou nesta quarta-feira (23) que o Distrito Federal e Goiás precisam de projetos consistentes para obter financiamento para a expansão do BRT de Santa Maria (DF) até Luziânia (GO). "Os recursos existem, mas o ministério só vai financiar projetos consistentes para que não haja - depois de feita a licitação - problemas com o Ministério Público."

Isabel Sales participou de audiência pública na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, que discutiu a possibilidade de extensão do BRT (do inglês Bus Rapid Transit, que significa trânsito rápido de autocarros/ônibus) de Santa Maria (DF) para os munícipios do entorno sul do Distrito Federal.

O BRT é um ônibus articulado com funcionamento semelhante ao metrô, que já liga Santa Maria a Brasília. A proposta de extensão beneficiaria também os moradores de três municípios do entorno: Valparaíso de Goiás, Cidade Ocidental e Novo Gama.

Diariamente 150 mil passageiros se deslocam das cidades do entorno do Distrito Federal para trabalhar ou estudar em Brasília, um trajeto feito em mais de duas horas nos horários de pico. Durante a audiência, prefeitos e secretários de transporte de Goiás e do Distrito Federal discutiram as possíveis soluções para esse problema.

A representante da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), Sônia Haddad, explicou que a BR-040, que passa por esses municípios do entorno e chega até Brasília, está em processo de concessão.

Ela explicou que a necessidade de um corredor exclusivo para transporte público vai fazer parte do edital de concessão. "Hoje se melhorar toda a gestão, se melhorar os ônibus, se modernizar tudo, as pessoas ainda continuarão três horas no trânsito. Do ponto de vista de transporte urbano, é inconcebível, é irracional, é muito ruim. Ninguém vai perceber que você está dando um transporte melhor porque o tempo de percurso é uma das questões fundamentais no deslocamento cotidiano das pessoas."

Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados
Audiência pública para debater a implantação da extensão do BRT de Santa Maria-DF para os Municípios do Entorno Sul do Distrito Federal. Dep. Flávia Moraes (PDT-GO)
Flávia Morais: a implementação do BRT precisa ser articulada entre Goiás e o Distrito Federal,

Integração de governos

A autora da proposta para a realização da audiência pública, deputada Flávia Morais (PDT-GO), afirmou que a implementação do BRT precisa ser articulada entre Goiás e o Distrito Federal, com o apoio do governo federal, garantindo legislação e infraestrutura para o correto funcionamento do sistema. "É a eficiência desse sistema que vai nos dizer o quanto vai melhorar. Pode melhorar muito se for bem planejada e pode ser só paliativo se for mal pensado."

O secretário de transportes do Distrito Federal, José Walter Vazquez, chamou a atenção para a necessidade de se adequar as legislações de Goiás e do Distrito Federal para que o deslocamento não fique muito caro. "Essa integração [garante] a possibilidade de um cidadão hoje no Distrito Federal - já com a entrada da frota nova - poder sair do Vale do Amanhecer e ir para Santa Maria pagando R$ 3, porque ele já tem a integração. Isso tem que ser estendido para toda a região." Hoje, o BRT já liga Brasília a Santa Maria.

A prefeita de Valparaíso de Goiás, Lucimar do Nascimento, classificou o transporte do entorno até Brasília como "a pior condição de transporte público do País".

Já o assessor municipal da prefeitura do Novo Gama, Jair Marinho, afirmou que a prefeitura está empenhada em desenvolver um pólo industrial próximo à cidade, como forma de garantir emprego na própria cidade, "evitando, assim, o deslocamento de milhares de pessoas diariamente."

Subcomissão
Durante a reunião, deputados de Goiás e do Distrito Federal sugeriram a criação de uma subcomissão para continuar acompanhando as discussões e as ações para a melhoria do transporte entre as cidades do entorno e o Distrito Federal.

Reportagem - Karla Alessandra
Edição – Regina Céli Assumpção

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.