Agropecuária

Governo aponta crescimento de 290% no crédito para agricultura familiar

02/07/2013 - 19:17  

De acordo com o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller, houve aumento considerável na oferta de recursos para o financiamento rural. Segundo ele, entre 2003 e 2013, a oferta de financiamento rural passou de R$ 35,2 bilhões para R$ 115,5 bilhões. A previsão para o final de 2014, segundo Geller, é chegar a R$ 136 bilhões.

Desse total, conforme explicou, R$ 115,6 bilhões são oferecidos com juros controlados. Hoje as taxas variam de 6,5% ao ano, capital de giro para cooperativas, a 3,5%, quando o capital é investido em irrigação e armazenagem.

No que se refere à agricultura familiar, que representa 4,3 milhões de propriedades rurais no Brasil, 84% do total, o crescimento do crédito foi de quase 290%, de acordo com Argileu Silva, do MDA. O volume de recursos saltou de R$ 5,4 bilhões para R$ 21 bilhões em dez anos. Segundo Silva, somente o programa Garantia Safra atende hoje 1,2 milhão agricultores familiares, contra 200 mil em 2003.

Essas políticas, afirmou, possibilitaram aumento de 52% na renda da agricultura familiar nos últimos dez anos, o que levou 3,7 milhões de pessoas a ingressarem na classe média.

Mesma opinião tem a superintendente técnica da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Rosemeire Cristina dos Santos. Para a especialista, é necessário permitir ao produtor rural o gerenciamento do risco da atividade, por meio da melhoria do seguro e de uma política efetiva de renda. “Somente assim será possível manter a competitividade e estabilidade na produção de alimentos”, defendeu.

Apesar do avanço reconhecido pelos participantes da reunião, o seguro rural ainda se apresenta como um problema para o campo, conforme dados apresentados pelo secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller. Os números mostram que menos de 19% das áreas produtivas brasileiras são seguradas.

Reportagem – Maria Neves
Edição – Rachel Librelon

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta