Política e Administração Pública

Renan Calheiros defende proposta de plebiscito do governo

02/07/2013 - 12:08  

O presidente do Senado, Renan Calheiros, defendeu há pouco a realização do plebiscito da reforma política, conforme proposto pelo Executivo, em vez de um referendo sobre o tema. "O plebiscito é o melhor porque você consulta a sociedade, e o Congresso vota em função do que a sociedade respondeu", argumentou.

A afirmação foi feita logo após reunião entre os presidentes da Câmara e do Senado, o vice-presidente da República, Michel Temer, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso. No encontro, os representantes do Executivo entregaram a proposta do governo sobre o tema.

As medidas sugeridas deverão agora ser debatidas pelos parlamentares, que vão elaborar um projeto de decreto legislativo. O texto será analisado pelos deputados e, em seguida, pelos senadores.

Calheiros lembrou que duas medidas sugeridas pelo Executivo já estão em fase adiantada de tramitação no Congresso: a diminuição do número de suplentes de senadores e o fim do voto secreto nos processos de cassação de mandato.

Segundo ele, o Senado deverá ter sessões inclusive às segundas e às sextas-feiras, nas próximas semanas, para agilizar a agenda de votações. "Se não for suficiente, trabalharemos também no período que seria destinado ao recesso", afirmou.

Reportagem - Carolina Pompeu
Edição - Daniella Cronemberger

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.