Cidades e transportes

Projeto que restabelece fuso horário do Acre seguirá para o Senado

11/06/2013 - 20:55   •   Atualizado em 11/06/2013 - 23:37

O Plenário rejeitou nesta terça-feira (11) o recurso do deputado Jilmar Tatto (PT-SP) contra a apreciação conclusiva do Projeto de Lei 3078/11, do Executivo, que restabelece os fusos horários dos estados do Acre e de parte do Amazonas.

Com a rejeição do recurso, o projeto poderá ser remetido diretamente ao Senado, sem passar pelo Plenário da Câmara.

A proposta atende a referendo realizado em 2010, quando a população do Acre decidiu restabelecer a antiga diferença de duas horas em relação a Brasília. Desde abril de 2008, a diferença é de apenas uma hora.

O projeto, de autoria do Poder Executivo, foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara em junho de 2012. O texto seguiria para o Senado, mas seu envio foi suspenso após a apresentação do recurso.

Reportagem – Eduardo Piovesan
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 3078/2011

Íntegra da proposta