Relações exteriores

Haverá eleições em 2013, garante primeiro-ministro haitiano

10/12/2012 - 12:54  

Divulgação/Minisrério da Defesa
Relações exteriores - haiti - Perpétua Almeida, o embaixador brasileiro José Luiz Costa e o primeiro-ministro do Haiti, Laurent Lamothe
Perpétua Almeida (E) e Lamothe (D): conversar para garantir eleições no Haiti.

O primeiro-ministro do Haiti, Laurent Lamothe, garantiu aos parlamentares brasileiros que haverá eleições em 2013 para senadores, prefeitos e vereadores. Apesar de contar com um presidente eleito diretamente (Michel Martelly), o país caribenho vive um impasse que tem atrasado as eleições de senadores, prefeitos e vereadores: a falta de um conselho eleitoral que acompanhe o processo.

Esse conselho deve ser formado por três representantes do Executivo, três do Legislativo e três do Judiciário. Ocorre que o Senado conta, no momento, com apenas 20 dos 30 senadores que deveria ter, o que impossibilita o Legislativo de indicar seus membros, já que o quórum para votações não é alcançado.

No entanto, segundo Lamothe, a “boa notícia” é que esse conselho deverá ser constituído nos próximos dias. “Vamos formar um conselho permanente para que as eleições sejam organizadas o mais rapidamente possível”, anunciou Lamothe na sexta-feira (7). No dia anterior, o presidente do Senado e da Assembleia Nacional do Haiti, Desras Simon Dieuseul, também havia se mostrado aberto à formação de um conselho.

Diálogo
Durante o período que estiveram no Haiti, os deputados Perpétua Almeida (PCdoB-AC), Gonzaga Patriota (PSB-PE) e Jô Moraes (PCdoB-MG) articularam um processo de diálogo entre os poderes. A estabilidade política, disseram os deputados, depende da consolidação das instituições e de eleições democráticas.

“Deve haver um pacto político em defesa do povo haitiano. Acreditamos na rapidez das eleições, limpas e em paz. Colocamos à Câmara à disposição para ajudar no processo”, ofereceu Perpétua, que é presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional. Jô Moraes, por sua vez, disse que as eleições serão o cume de um debate de construção da unidade nacional.

Reportagem - Noéli Nobre, enviada especial ao Haiti
Edição - Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.