Cidades e transportes

Frente Parlamentar do Trânsito Seguro lança site para informação e debate

O público em geral terá acesso a todas as propostas de mudanças na legislação de trânsito que tramitam na Câmara dos Deputados.

01/06/2012 - 18:30  

A Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro lançou na sexta-feira (1º) um site institucional para debater o trânsito no País. O site http://transitoseguro.net tem espaço para a interação com a sociedade. Na ferramenta, especialistas, autoridades e público em geral têm acesso a todas as propostas de mudanças na legislação de trânsito que tramitam na Câmara dos Deputados.

O presidente da frente, deputado Hugo Leal (PSC-RJ), disse que a meta este ano é ampliar o debate. O primeiro passo, segundo ele, foi dado com a criação de uma nova estrutura, com 27 vice-presidentes na frente parlamentar, um para cada unidade da federação.

A expectativa é que o site passe a ser referência nos assuntos ligados a trânsito no Brasil, um local para a troca de ideias sobre o tema. “Esta nova ferramenta de comunicação permitirá uma navegação e uma contribuição maior da população. A informação sobre o que está sendo debatido ficará disponível, viabilizando um debate mais amplo, com a participação de todos os envolvidos", afirmou Leal, que também é vice-presidente da Comissão de Viação e Transportes da Câmara.

O novo Portal é mais moderno e interativo, facilitando a participação da sociedade que pode deixar mensagens e sugestões. Os interessados poderão ler notícias diárias sobre trânsito e acessar a agenda de atividades da frente parlamentar, que conta com mais de 200 deputados.

Além disso, os internautas poderão acompanhar as propostas em tramitação no Congresso Nacional referentes à segurança e educação no trânsito e acessar uma área exclusiva sobre as atividades realizadas toda semana pela Comissão de Viação e Transportes.

Veja principais resultados da pesquisa feita pelo Disque Câmara sobre a Lei Seca.

Da Redação/ RCA

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.