Política e Administração Pública

Audiência discute situação de comunidade quilombola goiana

20/04/2011 - 08:11  

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias realiza hoje audiência pública sobre os problemas da população quilombola residente no povoado de Mesquita, situado no município de Cidade Ocidental (GO), próximo a Brasília.

O debate foi proposto pela deputada Erika Kokay (PT-DF). “Apesar de sua importância para preservação da cultura do povo brasileiro, a comunidade do Mesquita não tem merecido a devida atenção do poder público, vivendo em condições precárias e sem acesso às políticas públicas indispensáveis para assegurar-lhe condições de vida minimamente satisfatórias”, disse ela.

Segundo a deputada, a comissão deverá discutir a implementação de medidas pelo poder público que possam contribuir para a preservação não apenas da comunidade do Mesquita, mas também das outras aproximadamente 4 mil comunidades quilombolas existentes no Brasil.

Foram convidados:
- a secretária de Políticas para as Comunidades Tradicionais da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Ivonete Carvalho;
- o professor da Universidade de Brasília (UnB) Ivair Santos;
- o presidente da Câmara Municipal da Cidade Ocidental, Geraldo Vasconcelos;
- a procuradora regional dos Direitos do Cidadão no Distrito Federal, Luciana Loureiro;
- a coordenadora-geral de Regularização de Territórios Quilombolas do Incra, Givânia Maria da Silva;
- Sandra Pereira Braga, representante da comunidade quilombola de Mesquita; e
- Alexandro Reis, representante da Fundação Cultural Palmares.

A reunião será realizada às 14 horas no plenário 9.

*Matéria atualizada em 20/04.

Da Redação/WS

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Mais conteúdo sobre