Trabalho, Previdência e Assistência

Comissão aprova orientação sobre benefício social em hospital

Servidores do INSS atuarão em hospitais para informar segurados sobre benefícios por incapacidade.

10/05/2010 - 15:05  

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou na última quarta-feira (5) o Projeto de Lei 3180/08, que propõe a atuação de assistentes sociais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em hospitais públicos para orientar segurados sobre direitos ao benefício por incapacidade. A legislação atual não estabelece locais para os assistentes sociais orientarem os beneficiários; assim, os servidores não se dirigem aos hospitais e aguardam os segurados nas agências do INSS.

A proposta, do deputado Barbosa Neto (PDT-PR), altera a Lei de Benefícios da Previdência Social (Lei 8.213/91).

O relator da matéria na comissão, deputado Neilton Mulim (PR-RJ), recomendou a aprovação da proposta. Ele avalia que a medida assegura, de forma mais ágil, o direito à proteção social dos cidadãos.

Para o parlamentar, o projeto beneficia também o próprio INSS, que processará requerimentos de benefícios com documentação mais completa. Neilton Mulim acredita que a medida evitará "as inúmeras diligências que atrasam o processamento desses pedidos e oneram a estrutura administrativa do órgão".

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivoRito de tramitação pelo qual o projeto não precisa ser votado pelo Plenário, apenas pelas comissões designadas para analisá-lo. O projeto perderá esse caráter em duas situações: - se houver parecer divergente entre as comissões (rejeição por uma, aprovação por outra); - se, depois de aprovado pelas comissões, houver recurso contra esse rito assinado por 51 deputados (10% do total). Nos dois casos, o projeto precisará ser votado pelo Plenário. e ainda será analisado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania.

Reportagem - Rachel Librelon
Edição - Tiago Miranda

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Sua opinião sobre: PL 3180/2008

Íntegra da proposta