Cidades e transportes

Grupo de trabalho encontra irregularidades em mina baiana

09/09/2008 - 20:09  

Representantes do Grupo de Trabalho do Amianto visitaram, nesta terça-feira, uma mina em Bom Jesus da Serra (BA) e encontraram, segundo o relator do grupo, deputado Edson Duarte (PV-BA), um "quadro gravíssimo", com diversas irregularidades que colocam em risco a saúde dos moradores da região.

"Embora os riscos do amianto sejam tratados há algum tempo, encontramos uma cidade assustada, pois há crateras abertas que expõem o amianto por todos os lados. O mineral foi usado para pavimentar ruas e como alicerce de casas e escolas. Também ouvimos muitas histórias de gente doente; praticamente todo o mundo tem um caso para contar de parente doente ou morto por causa de males provocados pelo amianto", declarou Duarte.

Nesta quarta-feira (10), o grupo visitará a Universidade Estadual do Sudoeste Baiano, em Vitória da Conquista (BA), para obter números sobre os impactos do amianto na saúde dos habitantes da região.

A intenção do grupo é levantar dados que permitam a cobrança de providências para possibilitar a identificação da área de ocorrência do amianto e o seu isolamento. "Muita gente pega pedras no lugar, faz piquenique na principal escavação e pesca sem nenhuma advertência; não há qualquer placa ou alerta, é uma área livre", informou o deputado Edson Duarte. "O governo estadual e a prefeitura precisam tomar providências para impedir o acesso à mina", acrescentou.

Leia mais:
Câmara analisa banimento do mineral no País

Reportagem - Rodrigo Bittar
Edição – João Pitella Junior

(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura `Agência Câmara`)

Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.