Meio ambiente e energia

Seminário na Câmara discute impactos da transição energética na mineração

A mudança para uma economia verde vai exigir diferentes insumos minerais; o Brasil tem reserva de alguns desses elementos

23/05/2024 - 07:55  

Governo da Bahia
Parque de energia eólica em Caetité na Bahia
Brasil tem reservas de terras-raras, usados em turbinas eólicas e motores elétricos

A Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados realiza nesta quinta-feira (23) um seminário sobre mineração e transição energética. O evento será realizado no plenário 3, a partir das 14 horas, a pedido do deputado Zé Silva (Solidariedade-MG), e poderá ser acompanhado pelo canal da Câmara dos Deputados no YouTube.

"A nova ordem mundial é a mudança para uma economia verde, neutra em carbono, pautada na transição energética, com previsão de crescimento mundial da geração de energia renovável", afirma Silva, que é presidente da Frente Parlamentar da Mineração Sustentável.

Para suprir a demanda dessas novas tecnologias, o deputado alerta que será necessário um crescimento expressivo na oferta de insumos minerais, como lítio, níquel, cobre e terras-raras (grupo de 17 elementos químicos considerados bons condutores de calor e eletricidade e que interessam à indústria de alta tecnologia).

"Não haverá transição energética sem mineração e não é novidade que o Brasil dispõe de relevante potencial mineral e possui um papel fundamental no suprimento das cadeias nacional e internacional", afirma Zé Silva.

Da Redação - ND

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.