Financiamento científico pode ser flexibilizado

03/09/2007 - 19:05  

Atualmente, como ocorre com todos os outros fundos, o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) só pode ter seus recursos aplicados nos mesmos setores econômicos de origem. Entretanto, o Projeto de Lei 1631/07 propõe que parte dos recursos possa ser desvinculada e destinada para a realização de ações denominadas "transversais", ou seja, pesquisas que cruzam diversas áreas de conhecimento e instituições diversas e podem ser financiadas por recursos de diferentes fundos setoriais.

Entre as principais áreas a serem beneficiadas com essa medida, justifica o governo federal, está a das chamadas ciências básicas, como a física, a química, ou a matemática — não relacionadas diretamente com as áreas ligadas à finalidade dos fundos setoriais. "Essas áreas são estrategicamente fundamentais para a formação de recursos humanos, geração de conhecimento e suporte na realização das atividades de pesquisa e desenvolvimento dos setores econômicos diretamente vinculados aos fundos. Além de contribuírem para a formação dos especialistas desses setores, são freqüentemente mobilizadas, bem como disponibilizados os seus laboratórios para o desenvolvimento de estudos, pesquisas, testes e diversos outros serviços tecnológicos", explica o governo.

Meio ambiente
Nessa proposta de transversalidade também são destinados recursos para as ciências sociais e setores relacionados às tecnologias sociais e ambientais. Nessas áreas, segundo o governo, identificam-se elevados impactos e conflitos de interesses com os setores econômicos que aportam recursos ao FNDCT, como ocorre com o petróleo, principal fonte de recursos do fundo.

Com seu elevado crescimento nos últimos anos, mesmo trazendo riqueza para o País, o setor petroleiro pode provocar problemas como o crescimento desordenado de cidades e regiões, sendo potencial gerador de impactos ambientais.

Reportagem - Vania Alves
Edição - Renata Tôrres

(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura `Agência Câmara`)

Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.