Direito e Justiça

Projeto garante à mulher em trabalho de parto prioridade no trânsito e estacionamento livre

Proposta será analisada pelas comissões de Defesa dos Direitos da Mulher; de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania

14/03/2024 - 10:46  

Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados
Rogéria Santos discursa na tribuna do Plenário
Rogéria Santos é a autora da proposta

O Projeto de Lei 621/24 garante aos veículos que transportam mulheres em trabalho de parto prioridade no trânsito, com livre circulação, estacionamento e parada. 

Em análise na Câmara dos Deputados, o texto altera o Código de Trânsito Brasileiro e atribui aos órgãos competentes a tarefa de definir os mecanismos e os critérios para o exercício do direito. 

“As condições dos logradouros públicos do País não oferecem qualquer previsibilidade de um local adequado para estacionamento emergencial durante a gravidez para essas mulheres”, argumenta a deputada Rogéria Santos (Republicanos-BA), autora do projeto. 

Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Defesa dos Direitos da Mulher; de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. 

Reportagem - Lara Haje
Edição - Rodrigo Bittar

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.