Agropecuária

Comissão aprova proibição de benefício fiscal para empresas que usam leite importado

Objetivo é favorecer a produção no Brasil

15/01/2024 - 13:50  

Vinicius Loures / Câmara dos Deputados
Deputado Pezenti participa de audiência pública
Pezenti: leite e derivados chegam com preços artificialmente reduzidos

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados aprovou em dezembro o Projeto de Lei Complementar (PLP) 217/23, que proíbe a concessão de qualquer benefício fiscal a pessoas jurídicas que usam leite e derivados importados para a fabricação de produtos.

O relator, deputado Pezenti (MDB-SC), recomendou a aprovação das mudanças. “Com certa frequência, leite e derivados chegam aqui com preços artificialmente reduzidos pelas políticas adotadas nos países de origem”, afirmou o relator.

“A produção de leite no Brasil vem sofrendo prejuízos com as importações de leite e derivados”, reforçou o autor da proposta, deputado Heitor Schuch (PSB-RS). “Isso afeta diretamente o valor pago aos produtores no País”, alertou.

Além de atingir tributos federais, a proposta altera ainda as leis complementares 87/96, que trata do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), e 116/03, que trata do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS).

Tramitação
O projeto ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois seguirá para o Plenário.

 

Da Reportagem/RM
Edição – Wilson Silveira

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.


Íntegra da proposta