Saúde

Comissão aprova proposta que inclui o serviço de resgate dos bombeiros nas ações do SUS

A proposta ainda será analisada pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois seguirá para o Plenário

26/10/2023 - 09:04  

Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
Dr. Frederico discursa na tribuna do Plenário
Dr. Frederico relatou a proposta e defendeu sua aprovação

A Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei Complementar (PLP) 18/21, que autoriza os serviços de resgate realizados por bombeiros militares dos estados e do Distrito Federal a receberem verba orçamentária oriunda de emendas parlamentares individuais.

O relator, deputado Dr. Frederico (Patriota-MG), recomendou a aprovação da proposta. “A medida fortalecerá o atendimento pré-hospitalar, ajudando na preservação de vidas e na redução de sequelas decorrentes de acidentes e emergências”, disse.

A proposta altera Lei Complementar 141/12, que fixa os valores mínimos que os entes federativos devem aplicar na Saúde. Pelo texto, o serviço de resgate pelos bombeiros passará a integrar o rol de Ações e Serviços Públicos de Saúde (ASPS).

“O Programa Resgate presta atendimento rápido e de qualidade, desonerando os hospitais e, indiretamente, diminuindo o custeio do Sistema Único de Saúde (SUS)”, disse o autor da proposta, o deputado licenciado Guilherme Derrite (SP).

Tramitação
A proposta ainda será analisada pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois seguirá para o Plenário.

Reportagem – Ralph Machado
Edição – Rodrigo Bittar

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'.