CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 291.4.54.O Hora: 12h30 Fase: BC
  Data: 16/12/2014

Sumário

Questionamento sobre a morosidade na substituição da diretoria da PETROBRAS pela Presidenta Dilma Rousseff.


O SR. AROLDE DE OLIVEIRA (PSD-RJ. Sem revisão do orador.) - Obrigado.
Sr. Presidente, os jornais de hoje dão conta de que a PETROBRAS está derretendo e, suas ações na bolsa, descendo a ladeira. Ficamos muito tristes com isso, porque a empresa é um orgulho nacional. Nós vivemos a nossa mocidade, a nossa juventude defendendo a criação da empresa. Não conseguimos entender por que a Presidente da República não substitui logo essa diretoria, que está totalmente contaminada com o esquema de corrupção que vem sendo investigado e apurado.
Fico pensando que talvez ela queira que a PETROBRAS seja destruída, dentro dos bons princípios ideológicos gramscistas e althusserianos de descontruir os aparelhos ideológicos, que eles classificam como "do Estado", para destruir todas as instituições do País.
Eu não quero ver por esse lado. Acho que nós precisamos tomar logo uma decisão, porque está parecendo, Sr. Presidente, demais colegas, que tudo faz parte do mesmo esquema: uns protegendo os outros, numa verdadeira ciranda da corrupção. Nós estamos chegando ao limite.
Seria bom que a Presidente Dilma Rousseff substituísse logo essa diretoria e colocasse na empresa pessoas do bem, pessoas decentes, que possam, de uma vez por todas, interromper o ciclo de corrupção instalado na nossa maior empresa, orgulho nacional.
Muito obrigado, Sr. Presidente.



DIRETORIA, PETRÓLEO BRASILEIRO (PETROBRAS), MANUTENÇÃO, DILMA ROUSSEFF, PRESIDENTE DA REPÚBLICA, CRÍTICA.
oculta