CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 230.4.54.O Hora: 14h36 Fase: PE
  Data: 15/10/2014

Sumário

Cumprimentos à Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro pelo fechamento de clínicas clandestinas de aborto, com a prisão de médicos. Desespero da base do Governo com a evolução do segundo turno da campanha presidencial. Denúncias de corrupção no Governo Federal. Apoio ao candidato à Presidência da República Aécio Neves.

O SR. AROLDE DE OLIVEIRA (PSD-RJ. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente Inocêncio Oliveira, é uma alegria revê-lo.
Meu primeiro registro, neste momento, é para cumprimentar a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, que fez uma investigação que resultou na prisão de dezenas de aborteiros no Estado, pelo menos seis médicos em sete clínicas clandestinas, além da descoberta de extratos de contas no exterior com valores superiores a 5 milhões de dólares, produto do sangue de mães irresponsáveis e da vida de inocentes.
Portanto, nós temos de registrar esse trabalho, e esperamos que a justiça seja feita, recaindo sobre os responsáveis a devida punição.
E ainda quero fazer outro registro, inspirado nos discursos dos integrantes do PT e da base do Governo, que estão aparentemente desesperados, diante da evolução do segundo turno da campanha presidencial.
O engraçado é que eles vêm aqui, olham pelo retrovisor, levantam assuntos do passado, e nós temos de olhar o presente, o mar de lama em que está mergulhado este País. Na realidade, o mensalão, que todos conhecem, era café pequeno, era um aperitivo. O "petrolão" que nós estamos vendo hoje é que é o grande mar de lama que engolfou este País.
Agora temos a chance, Sr. Presidente, com Aécio Neves temos a oportunidade de restaurar a moralidade na gestão pública neste País. Eu até diria que metade da quadrilha está na cadeia, é verdade; a outra metade continuou roubando, acabando com a empresa símbolo deste País. Isso é uma vergonha! O povo brasileiro tem de atentar para isso neste momento em que tem a oportunidade de, pelo voto, fazer uma mudança. O povo brasileiro tem um candidato com perfil de estadista, com uma história, compromisso com a democracia, compromisso com os valores cristãos, compromisso com as liberdades que nós conquistamos e que ele ajudou a colocar na Constituinte. Nós não podemos perder esta oportunidade!
É muito triste nós vermos esse tipo de coisas. Todos os dias temos uma novidade. O Instituto de Seguridade Social dos Correios e Telégrafos - Postalis, que integra os funcionários da instituição talvez mais antiga e mais importante deste País, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, também está envolvido em corrupção, até eleitoral, por não entregar a correspondência de alguns candidatos nestas eleições. Mas vem coisa muito pior por aí, que eu vou citar, eu já tenho os elementos e vou trazê-los aqui, a esta tribuna: a OPAS, Organização Pan-Americana da Saúde, em cláusulas de confidencialidade para empréstimos internacionais, para um fluxo de recursos internacionais, já levou do Brasil mais de 3 bilhões de dólares!
Desse montante, a última parcela, de 300 e poucos milhões, foi depositada como se fosse para aquisição ou pagamento de equipamentos imunológicos. Mais uma mentira. O que nós vemos nos programas de campanha da candidata do PT é a mentira generalizada, institucionalizada, introjetada na massa, no sangue do povo, por esse pessoal que está aí no Poder.
Temos a chance, povo brasileiro, de tirarmos o Brasil desta lama. Vamos votar em Aécio Neves! Não podemos perder esta oportunidade. Se perdermos, talvez tão cedo não tenhamos outra chance de recuperar a moralidade em nosso País.
Muito obrigado, Sr. Presidente.



CLÍNICA MÉDICA, ATIVIDADE CLANDESTINA, ABORTO, FECHAMENTO, MÉDICO, PRÁTICA ILEGAL, PRISÃO, POLÍCIA CIVIL, RIO DE JANEIRO, ATUAÇÃO, CONGRAULAÇÕES. GOVERNO FEDERAL, DILMA ROUSSEFF, PRESIDENTE DA REPÚBLICA, CORRUPÇÃO, DENÚNCIA. CAMPANHA ELEITORAL, SEGUNDO TURNO, COMPORTAMENTO, PT, DESACORDO, AÉCIO NEVES, CANDIDATO, PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, APOIO.
oculta