CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 18.2022 Hora: 15:08 Fase: BC
Orador: VICENTINHO, PT-SP Data: 16/03/2022

O SR. VICENTINHO (PT - SP. Sem revisão do orador.) - Obrigado, Sr. Presidente. Estou muito honrado com a sua Presidência neste momento.

Sras. e Srs. Deputados, eu quero falar sobre o 14º salário para os aposentados.

Antes, porém, eu gostaria de enviar o meu abraço para a nossa querida Ana Mindrisz e para o nosso querido Jonas Mindrisz. Ele é filho, e ela é esposa do nosso querido companheiro Maurício Mindrisz. Quem foi Maurício Mindrisz? Foi um grande fundador do nosso partido, da comunidade judaica, um guerreiro em Santo André. Foi assessor direto do Celso Daniel, um especialista em pesquisas. Presidiu a Fundação ABC. Foi um grande irmão! Eu brincava com ele que ele tinha um defeito: era são-paulino. Ele faleceu, e o sepultamento foi na segunda-feira. Eu estive lá na Comunidade Israelita, no cemitério, participando dessa homenagem.

Eu queria dizer à querida família e aos meus amigos militantes que lá estiveram presentes que efetivamente o Maurício vai deixar uma lacuna, uma lacuna pela sua luta, pelo seu bom humor, pela sua competência, pelo que ele sentia em termos de dor dos outros. Por esse motivo, a minha solidariedade, a minha homenagem. Gostaria de dizer que Maurício Mindrisz está presente entre nós sempre!

Companheiro Maurício Mindrisz, que Deus o acolha em Sua plena graça!

Trago outro assunto, Sr. Presidente. É breve, mas é preciso informar.

Nós estamos vendo nos jornais a informação de que o 13º salário devido em dezembro vai ser pago agora. Acho que os aposentados vão receber, evidentemente, até porque é um direito. Não tem nada a mais do que um salário pelo qual nós lutamos aqui, para que se transformasse em realidade, o 14º salário. Esse direito está sendo antecipado para ser pago antes das eleições. Tudo que Bolsonaro faz é isto: fazer as coisas antes das eleições, para enganar o nosso povo. O 14º salário é um direito.

Esses aposentados estão com o salário arrochado. Na pandemia foram poucas, poucas as decisões tomadas em benefício dessa categoria, aposentados e pensionistas, esses que fizeram e geraram a riqueza, que pagaram devidamente os seus tributos, pagaram a Previdência Social, e agora, em vez de terem um merecido descanso, passam a ficar angustiados, preocupados. A metade dos 16 milhões de desempregados são jovens, seus filhos, que o avô ou que o pai aposentado tem que ajudar, e o pensionista idem.

Por esse motivo, Srs. Deputados, vamos votar urgentemente o 14º salário! Décimo quarto salário já!

Obrigado, Presidente.